Blog

HomeSaúdeAparelho falso: conheça os perigos do “acessório”

Aparelho falso: conheça os perigos do “acessório”

dicas_aparelho-falso

Foto: Reprodução

Assim com a Melissa voltou com tudo para os pés das meninas, a legging que retornou depois da personagem Suellen, de “Avenida Brasil” (2012), ou indo mais além, as calças coloridas, sucesso depois da banda Restart, não se fala em outra coisa, senão nos aparelhos falsos. Mas, diferente das tendências de moda, o “acessório” pode trazer sérios perigos à saúde bucal dos jovens.

De acordo com uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo, os aparelhos são feitos com elásticos coloridos e trançados que, colocados e unidas por um fio, podem provocar uma movimentação nos dentes, causando retração na gengiva e perda óssea dos próprios dentes.

De acordo com o radiologista e sócio-diretor da DVI Radiologia, Hugo Rosin, o maior risco do uso do aparelho dentário falso é que os dentes e sua estrutura óssea sofrem ação do uso de forças desorientadas, que as movem para as direções erradas:

Os dentes e a arcada dentária, quando movimentados de maneira desordenada por leigos, sofrem lesões que podem ser irreversíveis, assim como os ossos dos maxilares e ligamentos que retém os dentes no osso. Somente os ortodontistas, profissionais especializados na aplicação e manutenção dos aparelhos dentários, possuem a orientação e formação necessárias para aplicar forças na maneira e quantidades corretas para obter a movimentação dentária desejada.

Outro risco que o uso incorreto dos aparelhos dentários apresenta é a contaminação, pois o material não controlado contém componentes químicos que podem irritar a mucosa bucal. “Queimaduras e lesões nos ossos dos maxilares, além de outros tipos de irritações nas gengivas e a até perda dos dentes são alguns dos riscos imprevisíveis e indesejados, alguns, até irreversíveis, que o uso descontrolado dos aparelhos dentários pode acarretar”, orienta Rosin.

É muito importante que os jovens tenham noção da gravidade dos problemas que os aparelhos falsos podem causar. Cabem aos pais que orientem seus filhos a não utilizar esse tipo de acessório. “É importante ressaltar que os aparelhos podem ser agradáveis esteticamente, mas que não são de maneira nenhuma enfeites e devem ser usados com critério”, finaliza Hugo.

Vale ressaltar que, caso haja uma necessidade de uso do aparelho, o procedimento só deve ser feito por profissionais da odontologia.

Written by

The author didnt add any Information to his profile yet

Deixe um comentário

×