Blog

HomeDicasProjeto de incentivo a higiene bucal para educação infantil

Projeto de incentivo a higiene bucal para educação infantil

Muita gente acha que os dentes temporários não necessitam ser tratados porque serão substituídos, mas saiba que dentes temporários estragados e não reparados podem causar sérios danos aos dentes permanentes.

O cálcio é um dos principais elementos da constituição dos dentes. Mas necessita ser aplicado na época oportuna, quando o dente está em formação. Além do cálcio, são importantes para a constituição de dentes fortes: fósforo, vitaminas, principalmente A, C e D. É mais desejável, porém, que esses elementos sejam fornecidos ao organismo por meio de alimentos.

Como a escola pode ajudar os pequenos a criarem bons hábitos em relação a saúde bucal?

É fato, que eles passam um bom tempo do dia na escola, então é comum que se com isso, criando até projetos para incentivá-los.

Você quer criar um projeto na sua escola? Quer incentivar seus alunos a criarem bons hábitos?

Vamos dar algumas dicas, para que você possa dar início ao projeto.

Os objetivos são: Ensinar as crianças a escovar os dentes; Criar vínculo das crianças com o dentista; Ensinar a ter uma alimentação mais saudável para os dentes.

Alguns recursos que podem ser usados para esse incentivo: Quadro de giz; Figuras; Revistas; Livros; Vídeo cassete; Fita de vídeo; Televisão; Som; Cartolinas ; Escova de dente; Creme dental; Fio dental; Flúor; Panfletos sobre higiene bucal e Textos.

Quem pode ajudar? Professores; Alunos; Dentistas; Direção escolar; grupos teatrais que tem como tema principal a higiene bucal; grupos musicais.

A tecnologia também está a favor! Clique aqui e conheça uma seleção de jogos incríveis e intuitivos para ajudar a criançada a cuidar dos dentes.

Os projetos podem ser iniciados com crianças acima de dois anos, as atividades e estratégias devem ser pensadas e estudadas de acordo com o interesse e a maturidade intelectual de cada grupo. A visita de dentistas a escola, é imprescindível.

O mais importante é tornar a escovação um momento de diversão e interação. Quanto mais criativas forem as abordagens, mais fácil e prazeroso será essa obrigação.

Até os sete anos, a criança não fazer a escovação sozinha. A supervisão dos pais são fundamentais.

Como continuar em casa?

-Faça da escovação um brincadeira;

– Em vez de: “é hora de escovar os dentes”, tente: “vamos brincar juntos de escovar os dentes?”.

-Cante músicas Podem ser famosas, ou não.

– Cada vez que ele fizer algum movimento certo, o elogie.

– Tente brincadeiras como aquelas do tipo“O mestre mandou”.

– tente fazer caretas e vozes divertidas.

Written by

The author didnt add any Information to his profile yet

Deixe um comentário

×