Películas de Raio-X e reciclagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Dvi_DviVoce_19-02-2015_01

As radiografias são muito utilizadas no ramo da medicina, para identificar traumas e lesões nos pacientes. Como esses exames são muito importantes no histórico de saúde de uma pessoa, são comumente guardados durante muito tempo, e quando já não são tão úteis, acabam sendo descartados sem nenhum cuidado. Mas essa forma despreocupada de jogar as chapas fora faz com que elas vão parar em aterros sanitários e causem diversos problemas, pois elas contaminam o solo e o lençol freático, além de ocasionarem outros problemas.

O perigo começa na revelação

Para tornar a imagem visível, é necessário que ela seja revelada a partir da reação de uma película de grãos de prata com a hidroquinona, um agente revelador. Em seguida, a película recebe um banho de carbonato de sódio e de bissulfito de sódio, que evita a decomposição da hidroquinona. Para que a imagem não se desfaça rapidamente, é utilizada uma solução fixadora de tiossulfato de amônio, sulfato de sódio ou EDTA (ácido etilenodiamino tetra-acético), que remove o excesso de prata existente e que poderia reagir com a presença de luz, comprometendo a imagem. A chapa então é lavada, para remover vestígios de produtos químicos que possam estragar a película, e, em seguida, seca.

Depois de realizado todo esse processo, restam ainda muitos resíduos químicos, que são encaminhados para empresas especializadas, onde são tratados.

DVI Radiologia conscientiza dentistas e pacientes para substituir película de raio-x pelo meio digital

A Reciclagem

A importância da reciclagem das chapas de raios-x vai muito além do que você imagina. Primeiramente, esse processo evita que os componentes tóxicos contaminem o meio ambiente. Outra questão importante é a possibilidade de reutilização dos materiais envolvidos.

Com 2,5 mil chapas, é possível obter de 450g a 500g de prata (cada quilograma é vendido por cerca de R$ 1,2 mil). Para comprar os equipamentos e montar a estrutura necessária, é preciso um investimento de R$ 300 mil. Com o plástico, a reciclagem de 300 kg do material gera um lucro de R$ 15 mil por mês. Os dados parecem muito vantajosos, mas é importante saber que toda empresa que quiser reciclar as radiografias deve funcionar de acordo com as licenças ambientais. A água  contaminada com  agentes químicos utilizada no processo de obtenção da prata não deve, de maneira alguma, ser lançada sem tratamento no esgoto. Portanto, a empresa deve ter a sua própria estação de tratamento de água, para evitar que o processo se torne ambientalmente inviável.

Com o plástico resultante do processo é possível fazer diversos objetos, como embalagens. Já a prata serve como matéria-prima para joalherias, por exemplo.

Alternativas

Com a inovação da tecnologia e a tendência para a geração de imagens digitais, os tradicionais exames de raios-x podem ser feitos e processados pelo computador. Os exames radiológicos são realizados diferentemente das radiografias convencionais: utiliza-se equipamentos de digitalização de imagens e o paciente é submetido a baixas doses de radiação.

Na radiologia digital, o filme convencional é substituído por uma película sensível aos raios-x, que é lida por um equipamento moderno de computação, gerando uma imagem de alta resolução. Os exames feitos a partir desta tecnologia produzem imagens de alta qualidade, que proporcionam maior visibilidade na detecção de patologias e, com isso, diminui a repetição de exames e a exposição dos pacientes à radiação ionizante.

Assim, os exames não precisam mais ser guardados em casa, ocupando espaço, e nem correm mais o risco de serem destinados para os aterros. É possível guardar as imagens em CDs, servidores digitais ou discos rígidos.

Via Ecycle

Veja também:
Saúde: o desafio de empreender no Brasil
Cirurgia guiada em casos parciais – uma solução viável e prática no dia-a-dia.

Conheça os 7 passos para a Odontologia Digital

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Este post tem 2 comentários

  1. Bom dia. Por favor, gostaria de saber se teria como ganhar essas radiografias pequenas, essas que dentista usa em consultório, para que eu possa usar em trabalhos de artesanato, como fazer quadros, revestir caixas de madeiras, etc. Por favor, aguardo contato e desde já muito obrigado. Marco 99344 1982 (contato)

    1. Olá Marco, tudo bem?

      De qual cidade você é? Preciso saber o código de área para entrar em contato.

      Att.

Deixe uma resposta

Fechar Menu

DENTISTA SUAS REQUISIÇÕES ACABARAM?

Preencha o formulário abaixo:

Dentista solicite uma visita

Um representante entrará em contato para agendar uma visita.