Projeto de incentivo a higiene bucal para educação infantil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Muita gente acha que os dentes temporários não necessitam ser tratados porque serão substituídos, mas saiba que dentes temporários estragados e não reparados podem causar sérios danos aos dentes permanentes.

O cálcio é um dos principais elementos da constituição dos dentes. Mas necessita ser aplicado na época oportuna, quando o dente está em formação. Além do cálcio, são importantes para a constituição de dentes fortes: fósforo, vitaminas, principalmente A, C e D. É mais desejável, porém, que esses elementos sejam fornecidos ao organismo por meio de alimentos.

Como a escola pode ajudar os pequenos a criarem bons hábitos em relação a saúde bucal?

É fato, que eles passam um bom tempo do dia na escola, então é comum que se com isso, criando até projetos para incentivá-los.

Você quer criar um projeto na sua escola? Quer incentivar seus alunos a criarem bons hábitos?

Vamos dar algumas dicas, para que você possa dar início ao projeto.

Os objetivos são: Ensinar as crianças a escovar os dentes; Criar vínculo das crianças com o dentista; Ensinar a ter uma alimentação mais saudável para os dentes.

Alguns recursos que podem ser usados para esse incentivo: Quadro de giz; Figuras; Revistas; Livros; Vídeo cassete; Fita de vídeo; Televisão; Som; Cartolinas ; Escova de dente; Creme dental; Fio dental; Flúor; Panfletos sobre higiene bucal e Textos.

Quem pode ajudar? Professores; Alunos; Dentistas; Direção escolar; grupos teatrais que tem como tema principal a higiene bucal; grupos musicais.

A tecnologia também está a favor! Clique aqui e conheça uma seleção de jogos incríveis e intuitivos para ajudar a criançada a cuidar dos dentes.

Os projetos podem ser iniciados com crianças acima de dois anos, as atividades e estratégias devem ser pensadas e estudadas de acordo com o interesse e a maturidade intelectual de cada grupo. A visita de dentistas a escola, é imprescindível.

O mais importante é tornar a escovação um momento de diversão e interação. Quanto mais criativas forem as abordagens, mais fácil e prazeroso será essa obrigação.

Até os sete anos, a criança não fazer a escovação sozinha. A supervisão dos pais são fundamentais.

Como continuar em casa?

-Faça da escovação um brincadeira;

– Em vez de: “é hora de escovar os dentes”, tente: “vamos brincar juntos de escovar os dentes?”.

-Cante músicas Podem ser famosas, ou não.

– Cada vez que ele fizer algum movimento certo, o elogie.

– Tente brincadeiras como aquelas do tipo“O mestre mandou”.

– tente fazer caretas e vozes divertidas.

Conheça os 7 passos para a Odontologia Digital

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu

DENTISTA SUAS REQUISIÇÕES ACABARAM?

Preencha o formulário abaixo:

Dentista solicite uma visita

Um representante entrará em contato para agendar uma visita.