5 passos para ter uma carreira em odontologia com qualidade de vida

A escolha pela carreira em odontologia traz o frequente conflito entre a ideia de ganhar dinheiro ou ser feliz.

Como a vida profissional exerce extrema influência sobre a qualidade de vida das pessoas, é importante fazer um bom planejamento para ter uma carreira em odontologia bem sucedida e rentável, mantendo o bem-estar físico e mental.  

Nesse artigo você vai descobrir cinco passos para ter uma carreira em odontologia com qualidade de vida. Confira!

1 – Observe o mercado de trabalho da carreira em odontologia

Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) mostrou que a carreira em Odontologia é a segunda mais rentável no Brasil, atrás apenas de Medicina.

Atualmente, além de tratar de dentes e gengivas, o dentista trata de vários distúrbios, como os relacionados com as estruturas de toda a face, da boca e do pescoço. Ou seja, a odontologia é uma área em plena expansão, perfeita para quem não quer ficar só na área clínica.

2 – Defina prioridades e o que gosta de fazer

Quando as prioridades relacionadas à profissão e à vida pessoal não estão claras em nossa mente, é comum seguirmos uma rotina que não coincida com nossos valores, crenças, desejos e necessidades. Com isso, é inevitável experimentar um sentimento de insatisfação que leva à frustração geral.

Se for difícil descobrir suas prioridades, experimente listar quais são os critérios importantes na sua vida. Alexandre Bortolleto, Master Pratictioner e Trainer da Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística (SBPNL) ensina: “Pergunte-se ‘o que é mais importante em minha vida hoje?”

Faça também outras perguntas como: o que pretendo alcançar em minha carreira em odontologia e na minha vida pessoal? Quais tarefas eu exerço em minha rotina profissional e na minha vida particular? Eu gosto do meu trabalho? Sinto-me satisfeito ao final do dia?

Não se apresse com as respostas e nem se preocupe em deixá-las soltas no ar. Anote-as e as responda quando as soluções certas vierem à mente. Com as prioridades definidas, comece a implantá-las buscando o equilíbrio. Assim, a qualidade de vida esperada chegará naturalmente.

3 – Reconheça seus pontos fortes e fracos

Conhecer a si mesmo é fundamental. No planejamento de carreira em odontologia, é essencial observar seus interesses e habilidades. Elenque,  todos os cursos realizados e todas as suas qualificações. Depois, analise quais desses elementos colaborarão para seu sucesso profissional.

Seguir as preferências pessoais na carreira em odontologia também é importante para manter sua qualidade de vida enquanto estiver trabalhando. Com relação aos pontos fracos, descubra em quais áreas você não possui habilidades e decida se pretende investir em se aprimorar nelas ou se prefere atuar apenas em cima dos seus talentos.

4 – Encare os desafios da área da saúde

Atuar profissionalmente com a saúde das pessoas é motivo de satisfação para quem trabalha nessa área. Entretanto, ao lidar com pessoas fragilizadas, o profissional da área da saúde se esgota física e mentalmente.

Atualmente, há opções de atuação que vão além da saúde bucal, como a odontologia estética. Mesclar o atendimento em saúde e beleza pode tornar a rotina mais leve.

Pequenas ações para ter qualidade de vida

O mais importante para lidar com os desafios da profissão e melhorar a qualidade de vida do dentista, é aproveitar cada minuto do tempo livre com outras prazerosas. Considere:

  • Automassagear ombros e pescoço ou fazer acupuntura — práticas importantes para dentistas que ficam com essa região do corpo muito tensa;
  • Escolher um hobby como tocar um instrumento musical ou pintar;
  • Fazer atividades relaxantes como meditação, ioga, caminhar ao ar livre;
  • Sair com amigos, curtir a família e bichos de estimação;
  • Praticar atividades físicas;

O importante é fazer atividades lhe deem prazer, sejam relaxantes e o façam se desconectar do dia a dia no trabalho.

5 – Planeje a carreira em odontologia focando nas oportunidades

Há  dois cenários possíveis na vida profissional: ou você é recém-formado ou a sua carreira em odontologia já está consolidada, mas você deseja mudar de área. Veja as possíveis opções que você tem:

Ser funcionário de uma clínica odontológica

Trabalhar em clínicas de terceiros é perfeito para iniciantes que desejam ganhar experiência. Atuando assim, o dentista não arca com responsabilidades e investimentos financeiros e nem cuida da parte administrativa da clínica. Isso é particularmente interessante para quem não tem habilidade em gestão.

Essa particularidade faz com que, mesmo profissionais com mais tempo de carreira, prefiram atuar dessa maneira. Para ganhar mais, eles conciliam o trabalho em mais de uma clínica. É claro que, assim, o montante ganho pode ficar limitado à política de remuneração do empregador, podendo influenciar negativamente a qualidade de vida financeira do profissional.

O dentista ainda ficará sujeito aos interesses, metas e critérios do dono d clínica. Para seguir nessa direção, avalie seus benefícios e dificuldades.

Mulher executiva sorrindo - carreira em odontologia

Abrir um consultório ou clínica de odontologia

Neste caminho há duas opções: atuar como autônomo em um consultório particular ou abrir uma clínica, o que requer mais dinheiro. Nos dois casos é necessário ter conhecimentos na área administrativa.

O profissional autônomo deve considerar que a remuneração ficará vinculada à quantidade de pacientes atendidos. Dessa forma — e aqui entra novamente a questão da qualidade de vida — muitos dentistas adiam folgas e férias para atender mais pacientes.

Abrir uma franquia odontológica

Outra opção é crescer na carreira em odontologia montando uma franquia. Esse tipo de negócio é tendência e apresenta boas chances de faturamento, crescimento e notoriedade no mercado.

4 grandes vantagens das franquias para dentistas

  1.  Franquias oferecem menos riscos pelo reconhecimento da marca, gerando maior possibilidade de retorno do investimento e de lucro;
  2. A franqueadora fornece infraestrutura e apoio necessários na montagem da clínica;
  3. A marca franqueada oferece treinamento e suporte;
  4. O negócio conta com know-how da franqueadora.

Viu como sucesso e realização podem andar juntos, tanto na escolha profissional quanto na vida pessoal?

Agora que você já conhece os cinco passos para planejar sua carreira em odontologia com qualidade de vida, aproveite para ler também o artigo: Se formou em Odontologia, o que fazer agora?

Gostou dessa matéria? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário

Fechar Menu

Dentista solicite uma visita

Um representante entrará em contato para agendar uma visita.

DENTISTA SUAS REQUISIÇÕES ACABARAM?

Preencha o formulário abaixo: