Franquia em radiologia: como calcular o retorno do investimento?

Para quem deseja empreender, as franquias, de modo geral, apresentam-se como opções bem menos arriscadas de investimento, já que, geralmente, existe uma marca consolidada por trás do negócio. No ramo da odontologia, a franquia em radiologia desponta como uma excelente forma de investimento.

Uma competência muito importante para os empreendedores é saber calcular quanto o dinheiro investido renderá, além de prever o tempo de retorno do capital investido. Esse é um fator fundamental para que o franqueado tenha segurança e mais chances de sucesso no negócio, além de aliviar qualquer ansiedade sobre o tema.

Neste artigo, vamos mostrar como calcular o retorno do investimento em uma franquia em radiologia odontológica. Acompanhe!

O que é ROI (retorno do investimento)?

Geralmente, quem pretende montar uma franquia em radiologia é um profissional de odontologia e, portanto, pode não possuir grandes conhecimentos na área financeira, assim, é de grande valia, antes de mais nada, explicarmos o significado de ROI.

ROI é uma sigla em inglês que significa Return Over Investiment (retorno sobre investimento). Ele aponta o quanto, em termos de recursos financeiros, a empresa está obtendo de lucro ou prejuízo com relação aos investimentos realizados, distribuindo essas informações na linha do tempo.

A partir desse significado fica fácil entender a importância do cálculo do ROI, pois com ele é possível mensurar a viabilidade do novo investimento e aprimorar aquele que já trouxe bons resultados.

No caso das franquias, o ROI é calculado com base nos custos de uma operação, divididos pelo lucro líquido real ou presumido obtido mensalmente.

Calculadora e cálculos - Franquia em radiologia: como calcular o retorno do investimento ROI

Base de cálculo do ROI em franquia de radiologia

Pessoas interessadas em abrir uma franquia em odontologia precisam conhecer o cálculo que prevê o retorno desse investimento. Isso é importante para que a operação na rede franqueada traga resultado positivo para os dois lados: franqueador e franqueado. Mas como calcular o ROI?

Primeiramente, é preciso conhecer alguns conceitos como: ponto comercial, taxa de franquia, capital de giro e royalties, entre outras. Todas essas informações precisam ser organizadas de forma tal que os cálculos financeiros sejam muito precisos.

De forma geral, o retorno sobre o investimento de uma franquia depende do tempo que o franqueado investiu no trabalho e na sua qualificação para fazer a gestão do negócio de franquia em odontologia.

Como calcular o ROI da franquia de radiologia

Para fazer esse cálculo, é necessário somar todo o investimento inicial e, a partir desse valor, subtrair o lucro da empresa. Para ficar mais claro, separamos o que é cada um dos componentes que devem integrar o ROI da sua franquia em odontologia.

Investimento Inicial

São os gastos feitos antes de o negócio iniciar suas atividades. Neles, devem ser incluídos a taxa de franquia (que na DVI, por exemplo, é de R$ 50 mil — quantia para ter o direito de usar o nome da empresa e o modelo de negócio em odontologia), capital de giro (é o valor separado para eventualidades), compra do ponto comercial, reformas, equipamentos e estoque inicial.

Receita mensal

Aqui já estamos falando da sua franquia em radiologia em pleno funcionamento e com faturamento. Comumente, em um novo negócio, esse montante ainda é desconhecido. Dessa forma, o franqueado pode realizar uma projeção com os números que franqueador possui.

Despesa mensal

Aqui entram todos os valores gastos em um dado período de tempo. Em geral, esse número é organizado em uma planilha, mês a mês. Nesse tópico entram os custos com aluguel, luz, funcionários, materiais, impostos, fornecedores e também os royalties (que no caso da DVI são de 6%).

Lucro mensal e retorno financeiro do investimento total

Para começar a fazer esse cálculo, subtraia o resultado da receita mensal das despesas, também mensais, e obtenha o lucro obtido em determinado mês.

Já para fazer o cálculo do retorno do investimento inicial, é preciso acrescentar, ainda, o valor que foi investido inicialmente para abrir a sua franquia em radiologia.

Calculando o ROI da franquia de radiologia

É importante mencionar que a franquia em radiologia tende a ser um investimento mais alto do que o de uma franquia odontológica de clínica, pois envolve uma estrutura diferente e tem outro potencia de negócio.

Para efeito de exemplo de cálculo, considere as seguintes informações (valor inicial para investir na franquia em radiologia da DVI):

  • Investimento: R$ 550.000
  • Estimativa de receitas (mensal): R$ 50.000
  • Estimativa de despesas (mensal): R$ 40.000
  • Lucro mensal médio: R$ 10.000

Agora, para estimar qual será o tempo médio de retorno do investimento é necessário dividir o investimento pelo lucro mensal médio. No exemplo acima (550/10 = 55), o tempo para retorno do valor investido inicialmente seria de aproximadamente 2 anos e 3 meses.

Como pudemos constatar, o cálculo do retorno do investimento não é algo tão difícil de ser feito. No entanto, para que ele seja bem sucedido, é fundamental que todos os valores mensais sejam cuidadosamente anotados.

É imprescindível saber que todo investimento deve, sem exceção, ser muito bem planejado – pois, muitas vezes, as empresas não prosperam simplesmente pela falta da previsão do retorno financeiro.

Se você está considerando abrir uma franquia em radiologia odontológica, saiba que esse é um negócio seguro e muito rentável, desde que contratado com uma franqueadora idônea e com muita experiência.

Agora que você já como calcular o retorno do investimento da franquia em radiologia odontológica, descubra qual é o investimento para abrir uma franquia odontológica, de verdade.

Gostou dessa matéria? Compartilhe

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkdin
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário