7 dicas para escolher o local da sua franquia odontológica

Pensando em abrir uma franquia no ramo da odontologia? Ótimo! Essa é uma excelente oportunidade de negócio. Enquanto você reflete sobre essa ideia, muitas dúvidas surgirão, entre elas qual será o local da sua franquia odontológica. E para ajudá-lo nessa decisão, separamos 7 algumas dicas imprescindíveis para todo empreendedor na área. Confira!

Local da sua franquia odontológica: 7 dicas para escolher o lugar ideal

1. Viabilidade legal

A primeira medida a ser tomada por quem vai escolher o local da sua franquia odontológica é verificar se não existe algum impedimento legal para abrir um negócio do local pretendido.

Também cabe lembrar que, mesmo que a franqueadora preste assessoria ao empreendedor, a responsabilidade de obter a autorização de funcionamento e de providenciar as licenças para a instalação cabem ao franqueado. 

2. Acessibilidade

Tente imaginar como os seus pacientes se locomoverão para chegar até a sua franquia odontológica. Seus pacientes que vierem de carro gostarão de poder contar com algumas vagas para estacionar.

Então avalie a opção de um local com estacionamento ou que tenham a possibilidade de estacionar na rua sem pagar muito por isso. Outra dica interessante é ter a presença de estacionamentos por perto, com os quais você ainda pode firmar convênios.

Os pontos próximos ao metrô são uma excelente opção, embora possam ser mais caros, mas é um investimento que traz retorno certo, por isso compensa. Há quem more perto de metrô e quem deixe o carro próximo a ele para ir até você, o que se converterá em mais potenciais. Sem contar que estações de metrô possuem grande fluxo o dia inteiro.

3. Grande tráfego local

Essa dica está muito ligada à outra, pois refere-se à locomoção do paciente. Abrir sua franquia de odontologia em um local com alto tráfego de pessoas (que estão a pé ou de carro) é uma boa maneira de tornar seu negócio mais visível e atrair mais clientes.

No entanto, muitos profissionais podem desejar justamente o contrário, já que estes locais costumam ser mais poluídos e com muito barulho da rua. Optar por um ou outro vai depender da visão e do objetivo de cada profissional. Um dentista que já conta com uma boa clientela pode preferir um local com menor tráfego.

O mesmo raciocínio vale para a escolha de locais com outros tipos de comércio e serviços como bancos, correios, casas lotéricas e drogarias, locais com grande fluxo de pessoas.

4. Concorrente ao lado

Sabia que ter um vizinho como concorrente nem sempre é um mau negócio? Da mesma forma que há ruas com várias lojas que vendem os mesmos produtos — tornando-se referência para certas mercadorias — um endereço com vários consultórios particulares pode ser um bom local de captação de novos pacientes. E para franquias que oferecem serviços complementares a consultórios isso pode ser muito vantajoso.

Isso é particularmente interessante para franquias, já que, em geral, abrangem várias especialidades e um cliente de um consultório comum pode se interessar pelo serviço de radiologia de uma franquia que oferece esse atendimento.

5. Seja paciente

É difícil encontrar o local da sua franquia odontológica ideal, com o melhor preço e na hora em que se quer comprar. Existem casos de varejistas que levaram anos negociando.

Além disso, há situações em que o ponto comercial é feito por mais de uma casa ou vários andares de um prédio, por exemplo. Neste cenário, ter calma é fundamental para acertar. Não dá para investir em qualquer lugar e depois ficar no prejuízo.

6. Visite o local em diversos horários

Tenha um comportamento semelhante ao que é comum ao comprar um imóvel residencial: visitar o provável futuro local da sua franquia odontológica em vários horários do dia, manhã, tarde e noite; tanto em dias de semana quanto no final de semana.

Essa atitude é válida para compreender como é o fluxo de pessoas em vários horários. Outra dica é fazer o trajeto de várias formas e vias de acesso e, se possível, usando os meios de transporte disponíveis. 

7. Valor da localidade

Do ponto de vista financeiro, é fundamental analisar se o valor do aluguel é condizente com o plano de negócio da franquia. Também é preciso analisar o tempo de vigência e também as condições que o contrato seja renovado.

Isso porque o empreendedor investirá seu dinheiro e doará seu tempo na reforma do local da sua franquia odontológica para realizar as adequações ao projeto arquitetônico da rede de franquias. Mas não é apenas isso: não é interessante que o franqueado mude constantemente de lugar.

Vale lembrar que o melhor ponto não é o mais caro ou mais barato, nem tampouco o maior o menor, mas sim o que possui adequação ao público da franquia, os aspectos físicos, as condições legais e comerciais que garantam a melhor relação custo-benefício.

A DVI Radiologia auxilia o empreendedor ao fazer um estudo de geo marketing com a finalidade de selecionar e recomendar as melhores “praças” para o franqueado atuar. Esta pesquisa visa determinar em qual região está a melhor oportunidade de mercado, dando a certeza de que instalar uma unidade nesse local será um bom negócio. O grande apoio dado pela DVI desde o início das unidades franqueadas fez com que nenhuma delas nunca tenha fechado.

E então, gostou de conhecer as dicas para escolher o local da sua franquia odontológica? Se estiver em busca de ainda mais informações sobre o assunto, confira o artigo: Tudo o que você precisa saber sobre Franquia Odontológica

Gostou dessa matéria? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário