8 perguntas frequentes sobre escaneamento intraoral

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Quem atua em consultórios odontológicos sabe da importância da odontologia digital no dia a dia de trabalho. Entre as várias tecnologias disponíveis hoje, o escaneamento intraoral se destaca. Ele permite a visualização e digitalização da arcada dentária com alta qualidade. No entanto, muitos profissionais ainda não conhecem o aparelho que possibilita esse trabalho, nem entendem seu funcionamento e os benefícios.

Esse desconhecimento aumenta a distância da concorrência que já trabalha com tecnologias mais avançadas. Consequentemente, o cliente também percebe essa diferença no serviço oferecido, optando por aquele que trabalha com produtos e serviços mais avançados.

Se você ainda não conhece e não trabalha com escaneamento intraoral, tire todas as suas dúvidas neste post:

1. O que é o escaneamento intraoral?

É o trabalho feito pelo scanner intraoral, um aparelho odontológico que filma e digitaliza imagens de alta qualidade da arcada dentária do paciente. Na construção de próteses, por exemplo, ele é a primeira fase do sistema CAD/CAM. Funciona assim: o scanner filma e digitaliza as imagens da arcada dentária e as envia para o computador, no qual serão editadas por meio do software.

O odontologista pode escolher trabalhar apenas com o scanner intraoral (CAD) ou contar com a fresadora (CAM) e criar as próteses também no consultório odontológico.

2. Por que o scanner intraoral é necessário para minha clínica odontológica?

Além de ser uma tecnologia a mais para seu consultório (o que demonstra investimento em tratamentos mais sofisticados e, consequentemente, é bem-visto pelos clientes), o scanner intraoral traz uma série de benefícios para seu consultório. Veja:

  • o scaneamento intraoral proporciona imagens de altíssima qualidade;
  • em cinco minutos, é possível fazer o escaneamento de toda a arcada dentária;
  • o resultado pode ficar pronto no mesmo dia do exame;
  • não há necessidade de moldes e sprays;
  • não há necessidade de repetições;
  • não há necessidade de espaço físico para armazenamento de moldagens;
  • o envio dos modelos é instantâneo (por e-mail);
  • as imagens são coloridas;
  • reproduz imagens em duas ou três dimensões (2D/3D).

3. O scanner consegue digitalizar imagens de toda a arcada dentária?

O escaneamento intraoral consegue escanear imagens de toda a arcada dentária, incluindo tecidos e áreas de difícil alcance. Isso acontece porque o scanner é um aparelho anatômico, portanto se adapta com facilidade aos contornos da boca. A câmera é coberta por um tubo fino e arredondado, que rotaciona facilmente por todo o espaço intraoral.

4. O escaneamento intraoral é incômodo?

Não, pois o sistema é indolor e simples. Essa tecnologia é muito mais cômoda para o paciente, pois dispensa o uso de moldagens e sprays. Além disso, em 5 minutos é possível fazer o escaneamento oral completo.

Já para o profissional, a rapidez na produção de imagens e na criação de próteses acelera todos os processos da clínica, incluindo tratamentos. Como dito, você pode ter a prótese pronta no mesmo dia da captura de imagens. Com isso, elimina-se a necessidade de próteses temporárias.

Por fim, só o scanner intraoral alcança locais que nem mesmo a moldeira conseguia. Como consequência, a retenção de clientes é maior.

dois dentistas fazem escaneamento intraoral em uma paciente

5. O escaneamento intraoral é mais preciso que o método convencional na criação de próteses?

Sim. O scanner consegue visualizar detalhes essenciais para que a prótese esteja fielmente condizente com a arcada dentária, como tamanho dos dentes e espaçamento entre eles, profundidade e largura. É possível até mesmo aproximar a coloração da prótese a dos dentes do paciente.

Ele também mostra a real situação clínica da boca, incluindo densidade óssea e as posições dos nervos. Essas informações são essenciais para o planejamento do implante da prótese e a criação do guia cirúrgico. Isso tudo é possível porque o aparelho trabalha com uma fonte constante de luz.

Além disso, as imagens são enviadas para um software, que as reconstrói e cria um modelo de prótese adequado à anatomia e movimentação da arcada dentária do paciente. Como o scanner também captura dados em 3D, esse mesmo programa permite a criação de uma simulação de todo o tratamento, incluindo a cirurgia do implante. Mostrando todo esse procedimento ao paciente, ele se sentirá mais seguro e terá mais confiança em todo o trabalho.

6. O escaneamento intraoral é uma vantagem competitiva?

Sim. Muitos profissionais ainda não adotaram a tecnologia por desconhecimento ou por não enxergarem as reais vantagens de adotá-la. Portanto, além de todas as vantagens oferecidas durante os tratamentos, o escaneamento intraoral também funciona como uma estratégia de marketing para sua clínica.

Com o conforto e a rapidez dos tratamentos, as indicações de novos clientes e a fidelização do público tendem a aumentar.

7. O scanner intraoral é fácil de usar?

Como toda nova tecnologia, o scanner intraoral pode parecer difícil em um primeiro momento, mas o profissional vai se adaptando e aprendendo com a prática. No entanto, é mais seguro e confiável contar com uma clínica terceirizada para fazer esse tipo de exame, pois os profissionais envolvidos já estão treinados e podem passar certos detalhes despercebidos durante consultas anteriores.

8. É necessário adquirir um scanner intraoral?

Não. O scanner é uma tecnologia de ponta e, por conta disso, sua aquisição demanda alto gasto para a clínica. Além disso, o aparelho precisa de manutenção constante, para que continue funcionando perfeitamente e obtendo imagens de altíssima qualidade.

Nesse caso, a melhor alternativa é contar com uma clínica especializada. Terceirizando o serviço, você não precisa se preocupar com pesquisa de equipamento e custos de compra e manutenção. Além disso, contará com o auxílio de profissionais altamente especializados, que auxiliarão desde a captura de imagens até a confecção de próteses.

Como você viu, o escaneamento oral é uma tecnologia que veio para ficar. Além de cômodo para o paciente, ele oferece extrema precisão de imagens e otimiza a criação de próteses, que podem ser feitas no mesmo dia do exame. Portanto, não deixe de adotar esse procedimento como parte dos tratamentos do seu consultório odontológico.

E se você ficou interessado e quer saber mais sobre o escaneamento intraoral, entre em contato com a DVI Radiologia e tire todas as suas dúvidas!

Conheça os 7 passos para a Odontologia Digital

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu

DENTISTA SUAS REQUISIÇÕES ACABARAM?

Preencha o formulário abaixo:

Dentista solicite uma visita

Um representante entrará em contato para agendar uma visita.