7 características de um bom franqueador

Franquias são excelentes meios para fazer crescer e se consolidar no mercado. Se você deseja ter mais estabilidade, essa é uma oportunidade de garantir a sua tranquilidade e ainda fazer o negócio prosperar. Mas para isso acontecer, é essencial conhecer as características de um bom franqueador.

Além de um plano de negócios bem feito, é essencial também que o franqueador tenha algumas características básicas como: capacidade de liderar, saber trabalhar em equipe e preparação para cumprir os desafios que surgirão.

Continue lendo e conheça todas as características de um bom franqueador!

Conheça as características de um bom franqueador

Todas as características abaixo são fundamentais para você ser franqueador de sucesso. A boa notícia é que você pode se preparar para cada uma delas, e até mesmo as desenvolver em treinamentos, onde receberá todo o apoio necessário. Confira 5 características fundamentais para um bom franqueador:

1. É um bom líder

A capacidade de liderar é uma das principais características que um franqueador deve ter. Essa liderança deve envolver o bom relacionamento com a equipe, de forma a criar um vínculo e os incentivar no dia a dia.

É importante lembrar que a franquia envolve todo um conjunto de pessoas e unidades, por isso ter confiança e ser apaixonado pelo que faz favorecem o crescimento e desenvolvimento da marca.

Liderar também envolve ter iniciativa e estar aberto a trocas de conhecimentos, que poderão ser fundamentais para o sucesso do seu negócio. Então, esteja à frente, tome partido, e alimente as boas relações internas e externas. Lide com os conflitos da melhor forma possível, e estabeleça uma relação de confiança focando nos objetivos e metas da sua marca.

2. Trabalha em equipe

O trabalho em equipe é fundamental para manter um bom atendimento e qualidade alinhados com o franqueado. O pensamento unitário aqui não funciona, o ideal é a união de ideias e a abertura para novos conhecimentos.

É importante todos pensarem juntos para, assim, todos saírem ganhando juntos. Essa é uma mentalidade chamada de “ganha-ganha”, já que ele deve desejar que o franqueado veja os lucros e demais louros da vitória.

Quando se trabalha em equipe, há mais produtividade, foco, sustentação e motivação entre todos os franqueados e o franqueador. Dessa forma, fica mais fácil estabelecer uma base sólida para a marca prosperar cada vez mais.

7 características de um bom franqueador

3. Disposto a sacrifícios

Quem está disposto a investir em uma franquia, tanto como o franqueador quanto o franqueado precisa saber que todos cometem erros, que as falhas irão acontecer,  e, por isso, precisarão ter autocrítica. Com isso, será mais fácil começar, se for preciso.

Então, quem está conhecendo o caminho das franquias agora, deve saber que há um sacrifícios como todo tipo de empreendimento. Com tudo, se o franqueador fizer uma análise própria profunda e se você souber lidar com o estilo do franqueador, o retorno acontecerá na certa.

4. Boa estrutura e suporte

Tudo o que for vendido ao franqueado deve ser entregue e no tempo hábil. Sendo assim, é fundamental que o franqueador tenha uma boa estrutura para oferecer um suporte de qualidade ao franqueado.

Para isso acontecer, é importante haver uma boa gestão e oferecer capacitação — incluindo o aprendizado com o software da empresa —, consultoria, pacote de marketing, finanças e operações que estejam à disposição do franqueado e o ajude a fazer crescer cada vez mais sua unidade.

Além disso, um canal de comunicação deve ser estabelecido com um suporte para esclarecimento de dúvidas e solicitações importantes. Esse canal deve ser muito claro e funcionar de forma rápida, afinal ninguém gosta de se sentir “abandonado”.

5. Gosta de processos

Você certamente entende bem do seu negócio, mas só isso não é o suficiente para ser um bom franqueador. Afinal, quando se trata de franquias a gestão é a base de todo sucesso da operação.

Tudo deve seguir um processo para que todas as unidades estejam em harmonia em todos os quesitos do negócio. Sendo assim, é essencial que você goste dos processos e os estabeleça de uma maneira uniforme dentro da franquia, levando em consideração somente o que você gosta, mas o que é melhor para o seu empreendimento.

6. Segue os padrões e as normas

Há algo que é óbvio, mas seu entendimento ganha mais força se for dito: força do franchising é o padrão. Por isso, o franqueador deve estar sempre atento para que o franqueado siga o padrão que ele estabeleceu aos seus franqueadores.

É óbvio que há espaços mudanças — que sempre acontecem depois de muitas reuniões e levam em conta a opinião de várias pessoas —, mas, em geral, o padrão é mantido, bem como o padrão de qualidade.

E é mantendo normas e padrões, sempre partindo da boa vontade do franqueador, que todos obterão  lucro e manterão sua própria imagem.

7. Boa comunicação

Como colocado no tópico três, os canais de comunicação devem ser claros. O franqueador não pode ser uma pessoa inacessível ou de difícil contato. Pelo contrário, é importante oferecer aos franqueados opções de comunicação que sejam claras e efetivas, para que em momentos de dúvidas ou esclarecimentos ele seja bem atendido.

Mudando um pouco o velho ditado, a comunicação também é a alma do negócio, então, ofereça boas opções de comunicação e estabeleça prazos para as respostas das demandas.

Como desenvolver características de um bom franqueador?

Se você se aprimorar as características como um bom franqueador e, com isso, crescer como franqueado, ter estabilidade e sucesso, mantenha a mente aberta para as oportunidades que possam surgir. Invista na força tarefa da sua equipe e confie que juntos poderão prosperar.

Além disso, conte com ajuda de treinamentos e especializações para desenvolver cada etapa com tranquilidade e eficiência. É importante que esteja atento a essas características de um bom franqueador e procure fortalecê-las, sempre tendo em vista o futuro do seu negócio.

Agora que você já sabe quais são algumas das principais características de um bom franqueador, o convidamos para conhecer a DVI Radiologia.

Gostou dessa matéria? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário