Como escolher um sócio para a sua franquia?

Muito brasileiros têm o sonho de deixar de ser empregado para virar dono e líder de uma empresa. E com as mudanças que vêm acontecendo no setor da economia, esse desejo é cada vez mais despertado cada nos brasileiros.

Sabemos também que franquias são uma excelente opção para quem quer iniciar no mundo dos negócios. Abrir uma empresa com um modelo de negócio preestabelecido e que vai te garantir lucros dentro de um prazo determinado, facilita muito para o novo empresário.

Porém, muito desses empreendedores carecem de experiência de mercado e falta de capital para investimento. Nesse momento entra a possibilidade de um sócio. Mas como escolher um sócio para a sua franquia?

Qual é a importância de um sócio em uma franquia?

Iniciar no mundo dos negócios não é uma tarefa fácil, principalmente se você não tem experiência dentro de uma empresa. E, mesmo tenha, ter outra pessoa ao seu lado para dividir conhecimentos, agregando experiência para a empresa, pode ser essencial!

Agregar um sócio a empresa pode possibilitar compartilhamento de conhecimentos, estratégias, discussões e investimentos no negócio. Além disso, quando se trata da parte financeira, ter um sócio para abrir uma franquia pode evitar a necessidade de um empréstimo bancário.

É importante ressaltar que a definição do tipo de societário tem papel fundamental na direção de uma empresa, necessitando ser enquadrada no aspectos legais e fiscais, e societários que visem diminuir os risco ao empreendimento.

Quando devo optar em ter um sócio?

 A decisão deve ser tomada baseada nos aspectos que agregam valor ao empreendimento. Não deve ser considerado apenas o quesito financeiro, tendo assim, uma visão mais ampla em relação ao seu negócio.

Como escolher um sócio para a sua franquia?

 Antes de pensar em ter um sócio é preciso avaliar alguns pontos pessoais, tais como:

  • Você sabe trabalhar em equipe?
  • Você não vê problemas em dividir um negócio e seus benefícios, desde que seja para o bem do negócio?
  • Você e seu empreendimento necessitam de alguma especialização específica que você não domina?
  • Você precisa de alguém que complemente seu trabalho?

Para escolher um sócio alguns pontos devem ser levantados, como:

  • Evite fazer sociedade com desconhecidos! Os sócios devem compartilhar de valores comuns, possuir um ritmo de trabalho semelhante e ter um conhecimento prévio sobre as dificuldades do outro.
  • Além disso, o sócio precisa compartilhar dos mesmos objetivos empresariais, morais e éticos a frente do negócio.
  • Precisa estar alinhado com os serviços e produtos oferecidos pela empresa.
  • Ter ou buscar qualificações.
  • Os sócios devem se complementar. Não busque um sócio com as mesmas características e conhecimentos, busque alguém que complemente as suas necessidades.
  • O sócio decidirá com você os rumos do negócio, e muitas vezes estará a frente de algumas ações do empreendimento. Então, é necessário que o sócio apresente proatividade, liderança e confiança.

Como escolher um sócio para a sua franquia

É preciso definir as funções de cada sócio

 Dentro de uma empresa, cada sócio deve ter uma função distinta, mas com as mesmas preocupações.

Esse ponto cabe para os vários tipos de sociedade, inclusive as franquias da área da saúde. Antes de fechar uma sociedade, o empreendedor deve definir e documentar a função de cada sócio dentro do empreendimento.

Outro ponto é que, mesmo tendo funções distintas, os sócios devem se preocupar igualmente com o negócio. Por exemplo, se um entra com o financeiro e o outro a ideia de negócio, ambos devem se preocupar de forma igualitária. Isso porque se o negócio der errado, um perderá o capital investido e o outro a oportunidade de desenvolver uma ideia.

É preciso saber administrar os conflitos 

Como em qualquer relação profissional, os sócios podem entrar em conflito em alguns pontos, mas isso não deve ser visto de forma negativa. Esse conflitos são essenciais para o seguimento do negócio — inclusive para seu amadurecimento.

Cabe aos sócios saberem como administrar conflitos para que eles sejam “construtivos”. Os conflitos devem trazer ganhos aos negócios, provocando o surgimento de novas ideias, inovando cada vez mais dentro da empresa.

O sucesso da franquia

Não podemos negar que quanto menos capital é investido, mais tempo a empresa demora
para crescer, e maior será o tempo para que a franquia venha a dar lucros. Mas outros
pontos podem contribuir para o sucesso da franquia.

Uma opção interessante é que os sócios retirem qualquer pró-labore — que é a remuneração
do trabalho realizado pelos sócios — isso fará com que o lucro só seja
dividido após todas as contas pagas.

Um outro ponto importante é conversar com o franqueador acerca das regras estabelecidas.
Algumas franquias recomendam a não retirada de capital no primeiro ano. Nesse caso é
preciso que ambos os sócios tenham condições de não fazer retiradas nesse período.

Esteja alinhado ao franqueador e esclareça todas as questões pertinentes, pois, quanto maior o
alinhamento com o franqueador, maior a chance de seu negócio alavancar.

Não podemos negar que quanto menos capital for investido, mais tempo a empresa demorará para crescer, e maior será o tempo para que a franquia venha a gerar lucros.

Sociedade em família dá certo?

A eterna pergunta. Será que virar sócio de um familiar pode dar certo? Bom, ter um negócio em família é como ter um negócio com qualquer outra pessoa, a diferença é que vocês vão se encontrar em situações mais íntimas, como no almoço do domingo, por exemplo.

Dessa forma, é fundamental que vocês aprendam (sim, porque isso é um aprendizado, que nem sempre é fácil) a saber separar esses momentos. Sabe aquela frase: “amigos, amigos, negócios à parte?” Ela vale para os familiares também. O ideal é deixar tudo isso bem claro antes mesmo da parceria ser firmada.

O contrato com um parente, como com qualquer outra pessoa, deve ter regras e funções pré-estabelecidas em um documento.

Sociedade entre familiares é extremamente comum, mas para funcionar é preciso apenas ter respeito, transparência e entender suas obrigações dentro da empresa e o que essa pessoa representa para você fora dela, e “não misturar as estações”.

Quais são os Tipos de Sociedade?

Percebemos que essa é uma dúvida muito comum entre os futuros empreendedores. Então, antes de escolher um sócio para a sua franquia, aprenda quais são as modalidades de franquia.

Sociedade limitada Ltda.

Esse é o tipo de sociedade mais indicado para microempresários, além de ser o mais comum. Nesse modelo, o relacionamento entre os sócios devem ser claros, definidos e previamente documentados.

Além disso, a participação financeira e as responsabilidades de cada um acerca do capital social devem estar descritos no contrato social da empresa.

Esse modelo de negócio facilita a saída e a entrada de novos sócios, sendo necessário apenas algumas alterações de contrato. Esse modelo também facilita muito a distribuição de funções administrativas dentro da empresa.

Sociedade anônima — S/A

Esse modelo de negócio, conta com a participação de acionistas, ou seja, cada sócio possui ações dentro da empresa, que vão garantir direitos proporcionais nos lucros e decisões dentro da empresa.

A sociedade anônima está dividida em dois tipos:

Aberta ⇾ onde suas ações podem ser negociadas em bolsas de valores.

Fechada ⇾ quando suas ações são controladas por acionistas ou terceiros.

Novos acionistas podem entrar nessas empresas através da compra de ações e não há necessidade de alteração no contrato social da empresa. Esse modelo aumenta significativamente os gastos operacionais, já que as tributações são cobradas através do lucro real obtido e não no presumido.

Então, agora que você já sabe como escolher um sócio para a sua franquia, se sente está pronto para ingressar no mundo do empreendedorismo e se tornar dono do próprio negócio aproveite para seguir a DVI Radiologia nas redes sociais (Facebook, Linkedin e Youtube).

Gostou dessa matéria? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário

Fechar Menu

Dentista solicite uma visita

Um representante entrará em contato para agendar uma visita.

DENTISTA SUAS REQUISIÇÕES ACABARAM?

Preencha o formulário abaixo: