Internacionalização de franquias: vale a pena abrir uma franquia em outro país

Abrir uma franquia está entre seus planos de negócios? E se essa oportunidade estiver em um lugar que poucos vislumbram, como em outro país? Sim. Estamos falando de internacionalização de franquias. Mas será que, para você, vale a pena abrir uma franquia em outro país?

Neste post, vamos mostrar se compensa montar uma franquia de uma marca brasileira no exterior, daremos dicas de como fazer isso, além das vantagens de empreender fora do seu país de origem. Confira!

Vale a pena abrir uma franquia em outro país?

Uma pesquisa divulgada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) juntamente com a Apex Brasil Associação Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, há empresas nacionais presentes em 114 países.

O ranking de penetração das marcas no exterior é liderado pelos Estados Unidos (59 empresas), seguido por Portugal (34 marcas), Paraguai (32 empresas), Bolívia (22 empresas), Argentina (14 marcas), Angola (13 empresas) e Colômbia (13 marcas).

Note que a presença no Mercosul é expressiva, por isso, antes de montar sua primeira (ou segunda franquia de radiologia odontológica ou de qualquer outro setor), pense na possibilidade de realizar o empreendimento em países do Mercosul, pela facilidade das transações comerciais, pela grande concentração de brasileiros e latino americanos e semelhança entre as línguas, incluindo o “portunhol”.

Ainda que facilite, e muito, as coisas, essa afinidade entre países não é imprescindível, pois o franchising apresenta dinamismo e flexibilidade acentuados se se formos comparar a outras formas de internacionalizar negócios. Isso é ainda mais facilitado, já que o franqueador garante os conhecimentos sobre a cultura local, bem como disponibiliza toda sua rede de relacionamentos — o que é de grande utilidade.

Quais são as vantagens de abrir uma franquia em outro país?

Veja, na lista abaixo, o grande número de vantagens de montar uma franquia no exterior. Na relação constam dez benefícios, mas certamente existem mais.

  • aumento da segurança contra oscilações da demanda interna;
  • melhora dos processos produtivos, industriais e comerciais;
  • aumento das oportunidades de desenvolvimento da equipe;
  • maior capacidade inovadora e acesso a novas tecnologias;
  • potencial para desenvolver produtos mais competitivos;
  • aumento da produtividade e, assim, da lucratividade;
  • aproveitamento da capacidade ociosa da empresa;
  • diminuição da dependência das vendas internas;
  • aumento na escala de produção;
  • além de diversos outros benefícios.

Dicas para a Internacionalização de franquias

Saiba escolher o país ideal

A não ser que você já seja um grande empresário (com muitas empresas), você terá que morar no país que escolher para fazer a internacionalização de franquias. Para isso, ao escolher o lugar para viver, considere o clima, a qualidade e custo de vida da região, as características dos habitantes, bem como se o país é um mercado interessante para a franquia que você deseja abrir. Se alguma dessas condições não for positiva, pode ser melhor pensar em outro lugar.

Conheça muito bem o negócio

Essa dica pode parecer óbvia, afinal, é necessário conhecer bem o negócio mesmo que a franquia for aberta no país de origem. Mas quando o empreendimento rompe fronteiras tupiniquins, é preciso que o conhecimento seja tão profundo a ponto de saber se ele se adéqua à outra cultura. As informações a serem priorizadas são: modelo de atuação, público-alvo, além dos potenciais de seus serviços e produtos.

Pesquisa de mercado

Em seguida, é preciso estudar os mercados internacionais que possuem capacidade para receber suas unidades. É fundamental avaliar a proximidade geográfica e cultural do país onde pretende abrir a franquia. Também devem ser levados em conta:

  • nível de prosperidade econômica do país;
  • custo das operações;
  • taxas cambiais;
  • legislação;
  • entre outros aspectos.

É imprescindível estudar tudo detalhadamente e, preferentemente, com a ajuda de profissionais especializados. Uma boa tática é informar-se com outros franqueadores que abriram sua unidade no exterior ou mesmo com empresários de setores diferentes que passaram a operar nos países que você almeja empreender. Além disso, converse com os habitantes da região e estabeleça contato com parceiros estratégicos.

Conheça bem a legislação do país

Antes mesmo de cogitar montar sua franquia fora do país, veja como os estrangeiros deve atuar no país de destino. Como a burocracia pode diferir bastante entre países, é preciso analisar tudo muito bem antes das possíveis complicações legais com a justiça do país escolhido.

A vantagem da negociação ser através de uma franquia e não de um negócio próprio é a possibilidade de ter o suporte do setor jurídico do franqueador.

Entenda os impostos do país onde deseja abrir a franquia

Como a estrutura jurídica das empresas é diferente de país para país, é imprescindível entender como funciona a carga tributária do país onde se deseja fazer a internacionalização de franquias. Com isso, o empreendedor consegue se planejar melhor para executar seu plano.

internacionalização de franquias

Verifique a necessidade de ‘visto permanente’

Não se esqueça de que em alguns países é necessário a obtenção do visto permanente. E o melhor conselho ainda é procurar auxílio de pessoas que conhecem esses processos, como advogados e consultorias na área.

Tenha um planejamento financeiro

Se você é um empreendedor ou pretende se tornar um, sabe que é fundamental fazer um planejamento. Mas isso é ainda mais importante se a empresa será aberta em outro país. Dessa forma, levante os gastos pessoais mensais, compare o custo de vida das possíveis cidades de destino e defina um prazo de retorno para a sua franquia em outro país de maneira conservadora.

Com isso, você identifica o montante de recursos que serão necessários para a nova empreitada antes mesmo de iniciar o negócio. Este planejamento minucioso logo no início ajuda a evitar muitos prejuízos, além de momentos desnecessários de estresse.

Pesquise o público-alvo

Se sua meta é, por exemplo, montar uma franquia de radiologia odontológica, descubra quais países possuem esse público-alvo, ou seja, quais deles têm mais dentistas que solicitam exames radiológicos e por imagens em geral para fazer seu diagnóstico.

É recomendável iniciar a exploração internacional com até cinco mercados (países) diferentes, por trazer as seguintes vantagens:

  • auxilia no desenvolvimento de planos de marketing;
  • estreitar  a relação com o consumidor final;
  • aprimorar o conhecimento do mercado;
  • aumentar o volume de vendas;
  • gerar economia de escala.

Com todos esses benefícios, o franqueador exportador torna-se mais competitivo.

Fazer a cotação em moeda local

Não se esqueça de que a cotação para abrir uma franquia em outro país deve ser feita em moeda local. Parece óbvio, mas muitas pessoas esquecem desse detalhe importante e caem num erro não tão incomum assim: não transformar reais na moeda do país.

Verificar a legalização da atividade

Antes de cogitar fazer a internacionalização de franquias, é fundamental verificar se a atividade é permitida naquele país. Isso porque, há localidades que proíbem ou restringem certas atividades, ou impõem várias questões para sua abertura. Neste último caso, você precisará saber se vale a pena o investimento com a burocracia imposta.

Converse com as pessoas certas

Algumas pessoas podem dar a dica ideal justo na hora em que você mais precisa. Confira quem pode te ajudar:

  • especialistas no ramo internacional;
  • quem já abriu franquias fora do Brasil (franqueadores e franqueados);
  • assessores jurídicos e advogados do país escolhido, pois podem contribuir nos aspectos legais;
  • associações e entidades reguladoras do ramo de franchising do país de destino — como a próprio ABF é no Brasil. 

Agora que você já se inteirou sobre a internacionalização de franquias, e, assim, consegue avaliar se vale a pena abrir uma franquia em outro país, conheça a DVI Franquia.

Gostou dessa matéria? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário

Fechar Menu

Dentista solicite uma visita

Um representante entrará em contato para agendar uma visita.

DENTISTA SUAS REQUISIÇÕES ACABARAM?

Preencha o formulário abaixo: