O que é profilaxia dental?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Você já ouviu falar em profilaxia dental? Talvez não conheça o termo por esse nome, mas certamente já ouviu falar em limpeza nos dentes, não é mesmo? É esse o nome popular que as pessoas dão para o procedimento, que é muito importante e deve fazer parte dos seus cuidados odontológicos periódicos.

Geralmente, os pacientes apresentam muitas dúvidas sobre o tema. Para resolver esse problema, listamos a maioria delas e as esclareceremos, a seguir. Por isso, se deseja ficar bem informado sobre o tema, basta seguir com a leitura!

Afinal, o que é a profilaxia dental?

Como comentamos, a profilaxia dental é a chamada limpeza nos dentes. Trata-se de um procedimento feito pelo dentista, em consultório, para que seja realizada a total remoção de placas bacterianas e tártaros.

O procedimento é bastante simples e o paciente, geralmente, não sente nenhum tipo de dor. Mas, alguns incômodos apenas ocorrem se o paciente estiver com um quadro avançado de gengivite, por exemplo.

Qual é a importância desse processo?

A profilaxia dental é importante porque o paciente tem todos os tártaros e placas removidos, evitando os acúmulos, que podem causar doenças bucais, como a gengivite, as aftas na boca e as cáries.

Além disso, ao fazer a limpeza, os dentes também ficam menos amarelados e mais fortes. Portanto, o procedimento é muito benéfico e recomendado para pessoas de todas as faixas etárias.

Também é importante fazer a profilaxia dental para que os dentes fiquem livres de manchas e o se evite o mau hálito. Afinal, as placas bacterianas acumuladas podem causar um cheiro ruim na boca.

Quais são as etapas da profilaxia dental?

profilaxia dental

A profilaxia dental tem quatro etapas, que devem ser seguidas pelo dentista ao executar o processo. Entenda cada uma delas!

Remoção de tártaro

A primeira etapa da profilaxia dental é a remoção dos tártaros. O dentista faz isso com o auxílio de um aparelho de ultrassom, que quebra as placas que ficam presas na superfície dos dentes.

Refinamento

Nessa etapa, o dentista faz a raspagem do tártaro que sobrou, de forma manual, utilizando curetas. 

Ele remove a placa em toda a estrutura coronária dos dentes, até entrar no sulco gengival.

Polimento

Com os dentes livres do tártaro, é preciso fazer o polimento. Para isso, o profissional utiliza taças de borracha ou escovas. 

A ideia é que a superfície dos dentes fiquem bem lisa, impedindo a aderência da placa bacteriana. Portanto, isso também faz com que o tártaro não se forme.

Aplicação de flúor

Finalmente, o dentista faz a aplicação do flúor, um componente químico que ajuda a prevenir as cáries. Além disso, ele desenvolve minerais, que fazem com que os dentes fiquem mais fortes.

A profilaxia dental oferece algum risco?

A profilaxia dental não oferece nenhum risco para os pacientes. Pelo contrário, ela é muito benéfica e recomendada, tendo em vista que é um tratamento eficiente para o controle e combate de diversas doenças bucais.

Qual é a frequência ideal para fazer a limpeza dos dentes?

A frequência ideal para fazer a profilaxia dental é uma vez a cada seis meses. No entanto, essa recomendação pode variar de pessoa para pessoa, de acordo com as necessidades e quadro de saúde de cada um.

O mais recomendado é sempre consultar o dentista para saber qual é a orientação mais indicada para você. Pessoas que têm quadros avançados de gengivite, por exemplo, podem precisar fazer a limpeza com um menor intervalo de tempo.

Que cuidados devem ser tidos após fazer a profilaxia dental?

Depois de realizar a profilaxia dental, é recomendado que sejam tidos alguns cuidados, que ajudam o procedimento a ter mais eficácia. Veja alguns dos principais deles!

Tenha uma alimentação equilibrada

Para ter dentes mais fortes e saudáveis, recomenda-se ter uma alimentação saudável e equilibrada, incluindo mais frutas e legumes na dieta. Se puder, também evite doces e carboidratos em excesso.

Além da boa alimentação, também adquira o hábito de beber pelo menos dois litros de água por dia. Isso faz com que a salivação ocorra com mais qualidade e quantidade, proporcionando uma autolimpeza nos dentes.

Adote bons hábitos de higiene bucal

É muito importante seguir todos os hábitos de higiene bucal, como a escovação após todas as refeições, inclusive depois dos lanchinhos feitos durante o dia.

Também é bastante relevante o uso do fio dental após as principais refeições, como o café da manhã, o almoço e o jantar.

Use uma escova de qualidade

Não basta escovar os dentes, a escova escolhida também precisa ter qualidade. As mais recomendadas são as com cerdas macias ou médias, que proporcionam uma boa limpeza, sem agredir o esmalte dos dentes.

O recomendado é que a escova seja trocada pelo menos uma vez a cada três meses. Portanto, não espere ela ficar desfiada para fazer a substituição.

Esperamos que você tenha esclarecido as suas dúvidas sobre profilaxia dental, neste artigo. Agora você já sabe sobre a importância desse procedimento, para pessoas de todas as idades.

E se você gostou deste conteúdo e quer saber mais sobre como ter um lindo sorriso, recomendamos que leia agora o nosso artigo que fala tudo o que você precisa saber sobre o aparelho invisível. Ele traz muitas informações úteis sobre esse tratamento inovador.

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta