O que é Odontologia Clínica? Como atuar?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Muitos profissionais que acabaram de sair da faculdade em seguida procuram por uma pós-graduação. Já outros terminam o curso sem ter um segmento específico para atuar. Mas nesse segundo caso, a resposta pode estar na Odontologia Clínica.

Além de lidar com inúmeras patologias do sistema estomatognático, o odontologista clínico é o primeiro profissional a falar com o paciente. Portanto, sua importância em todo o trabalho de Odontologia é muito grande. 

Por fim, nem todos os profissionais querem trabalhar com um segmento específico. Há odontologistas clínicos com muitos anos de experiência e estudo.

Neste texto, você entenderá muito mais sobre a importância da Odontologia Clínica:

O que é Odontologia Clínica?

É como a Clínica Geral, mas para odontologistas. O odontologista clínico faz todo o atendimento básico e, caso o paciente precise de um cuidado além, ele o encaminha para o profissional especializado. Sua função é o atendimento primário, que é garantir a saúde da gengiva, língua e dos dentes, a qualidade da mordida e a higiene bucal do paciente.

Nesse contexto, um odontologista clínico trabalha com:

  • orientações sobre a correta higiene bucal;
  • limpeza (profilaxia) e remoção de cáries;
  • ajustes e polimentos de restaurações;
  • atendimentos de urgência;
  • pequenas restaurações;
  • raspagem de tártaro;
  • aplicação de flúor.

Geralmente, é na Odontologia Clínica que o paciente recebe seu diagnóstico — mesmo que ele vá seguir com o tratamento com outro especialista. Portanto, apesar de ser um atendimento primário, não é nada simples. 

Há diferença entre o profissional de Odontologia Clínica e cirurgião-dentista?

Não. É importante entender que todo odontologista é cirurgião-dentista, pois o profissional sai da faculdade sabendo operar. Algumas habilidades (aplicação de ácido hialurônico, por exemplo), no entanto, podem exigir uma especialização, pois não são aprendidas durante o curso.

No entanto, existe diferença entre odontologista clínico/cirurgião-dentista e cirurgião buco-maxilo-facial. Este outro trata de diversos problemas que necessitam de uma especialização específica, como defeitos congênitos e do crescimento crânio-facial, traumatismos, tumores e deformidades estéticas da boca, dentes, maxilar e face.

Odontologia Clínica e prevenção

Um aspecto importante na Odontologia é a prevenção de problemas, como cáries e placa bacteriana. Quando removidos na hora certa, o paciente evita que complicações apareçam. Além disso, a prevenção é aliada da manutenção de uma boca saudável. Por isso, orientar que o paciente vá ao consultório de 6 em 6 meses também é uma orientação de saúde pública. Essa manutenção, além de necessária, faz com que o paciente esteja sempre por perto, mas sem problemas mais sérios.

Portanto, é essencial pensar no odontologista clínico não apenas como um resolutor de problemas, mas também como um educador. Afinal, o trabalho dele não se resume a limpar ou remover cáries, e sim a conscientizar e ensinar aos pacientes as melhores práticas para a manutenção de um sorriso saudável.

O trabalho de prevenção e manutenção é tão importante que pode evitar até que bebês tenham cáries. Além disso, é a prevenção a responsável por evitar o surgimento de câncer bucal. 

Por fim, a maioria dos problemas bucais poderia ser evitada com a escovação adequada, o uso do fio dental e o enxaguante bucal — que, apesar de não ser essencial, complementa a escovação e prolonga seus efeitos.

Onde o profissional de Odontologia Clínica pode atuar?

Um profissional da Odontologia Clínica tem um amplo campo de empregos. Por exemplo:

  • setor público: em UPAS, postos de saúde, Estratégia Saúde da Família (ESF); 
  • consultório ou clínica próprios, com atendimento particular, plano odontológico ou convênio;
  • empresas em geral, atendendo funcionários e coordenando programas de prevenção;
  • escolas, com ações de prevenção junto a crianças e adolescentes.
  • empresas fabricantes de materiais e equipamentos odontológicos;
  • consultório ou clínica em parceria com outros odontologistas.

odontologia clínica

Quais as especializações da Odontologia?

Você fez Odontologia Clínica por alguns anos e acabou se apaixonando por um segmento. Agora, quer se especializar. Então, veja quais são as áreas mais populares:

Odontopediatria

É a área da Odontologia que lida especialmente com crianças. Nesse contexto, o profissional tem como principais atribuições:

  • educação e promoção da saúde bucal, ensinando crianças a escovar os dentinhos após as refeições, ao acordar e antes de dormir. O odontopediatra também pode ensinar a passar o fio dental, ajudando a criança a fazer a higienização completa desde cedo;
  • orientação aos pais, para ajudar as crianças a fazer a limpeza corretamente;
  • diagnóstico e tratamento das lesões e patologias buco-dentárias.

Assim como o odontologista clínico, o odontopediatra também pode ir a escolas conversar com crianças sobre saúde bucal. 

Ortodontia

É a especialidade voltada para o funcionamento e a funcionalidade dos dentes na arcada dentária. Por isso, é o ortodontista o profissional responsável pela colocação e manutenção de aparelhos ortodônticos fixos e móveis.

Endodontia

É a ciência que estuda todo o sistema de canais radiculares, além da polpa dentária e dos tecidos periapicais. Por isso, é a especialidade ideal para quem precisa cuidar dos canais dentários e de patologias que atingem polpa, raiz e dos tecidos periféricos.

Periodontia

A pós-graduação em Periodontia prepara o profissional para cuidar das patologias que atingem todo o periodonto (gengivas, ossos e fibras de ligamento).

Odontogeriatria

Se as crianças têm seu odontologista especializado, por que os idosos não teriam? O odontogeriatra lida com todos os fenômenos do envelhecimento que afetam negativamente a boca e suas estruturas associadas.

Implantodontia

É a especialidade que lida diretamente com a confecção de implantes, além da cirurgia de instalação das próteses que são colocadas por cima. O especialista em prótese atua depois da cirurgia de posicionamento do implante.

Prótese Dentária

O profissional desse segmento é responsável por reestabilizar as funções do sistema estomatognático por meio de próteses dentárias. Ele também recupera coroas dentárias e conserta possíveis fraturas ou espaços encontrados na arcada dentária.

Entendeu como a Odontologia Clínica atua? E como visto, há uma série de especializações nas quais você pode investir. Confira, então, como funciona a especialização em Ortodontia!

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe um comentário