Escaneamento intraoral: tudo o que você precisa saber

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

A tecnologia se desenvolve mais a cada dia e a odontologia se aproveita desses recursos para conquistar mais resultados positivos aos pacientes. O escaneamento intraoral é um exemplo disso.

Com esse procedimento, é facilitado o planejamento prévio dos procedimentos odontológicos. Dessa maneira, os dentistas conseguem conhecer melhor o caso de cada cliente, elaborar diagnósticos mais apurados e propor os melhores tratamentos.

Preparamos este artigo para esclarecer dúvidas e apresentar tudo o que você precisa saber sobre o escaneamento intraoral.

O que é o escaneamento intraoral?

O escaneamento intraoral é um procedimento que tem a função de escanear digitalmente a arcada dentária do paciente, descartando aquele clássico processo de moldagem com a massinha cor-de-rosa.

Além disso, o processo também utiliza a tecnologia para que o tempo para apuração dos resultados seja reduzido e tudo ocorra com mais precisão. 

Na prática, se gera um modelo virtual da arcada dentária do paciente de forma instantânea. Dessa maneira, o profissional pode avaliar o paciente e propor o melhor tratamento.

Como esse procedimento é realizado?

escaneamento intraoral

O escaneamento intraoral é realizado por meio de uma máquina apropriada para essa finalidade. Trata-se de um equipamento que é inserido na área onde ficam os dentes e as gengivas do paciente

A máquina de escaneamento intraoral projeta uma luz sobre toda a superfície. Essa iluminação é captada por um sensor de imagem, fazendo com que o software de escaneamento gere uma nuvem de pontos, que serão triangulados após as tomadas sucessivas de imagem do paciente.

A partir do procedimento, será gerado um modelo tridimensional superficial do paciente. Isso proporciona a visualização de toda a arcada dentária do indivíduo, incluindo os dentes, os tecidos duros, os tecidos moles e a gengiva.

Que vantagens o escaneamento intraoral proporciona?

O escaneamento intraoral é um procedimento bastante vantajoso. Ele proporciona benefícios para o dentista e também para o paciente. Veja, a seguir, alguns dos principais.

Conforto do paciente

O escaneamento intraoral não gera desconforto para o paciente. Afinal, não é necessário colocar massinhas ou qualquer outro material na boca para fazer a moldagem.

Maior precisão

Os modelos de escaneamento digital são mais precisos, tendo em vista que não apresentam as possíveis distorções, comuns nas moldeiras feitas com gesso e alginato.

Ainda sobre a precisão, também se consegue os registros de dentes oclusos, o que é difícil com as moldeiras tradicionais.

Agilidade

O processo é ágil, sendo realizado em poucos minutos. Isso faz com que o dentista possa escalonar o seu trabalho e fazer mais atendimentos por dia.

Para o paciente, a agilidade também beneficia, tendo em vista que ele não precisará perder um dia todo de trabalho para realizar o exame, por exemplo.

Melhora o diagnóstico e a comunicação com o paciente

Com o uso do escaneamento intraoral há mais precisão, logo, se melhora o diagnóstico, tendo em vista que o dentista tem uma visão ampla da situação do paciente.

A comunicação com o paciente também é melhorada. Será possível mostrar, por meio das imagens coletadas, o que será feito. De tal maneira, o indivíduo entenderá melhor sobre o tratamento e poderá tomar as medidas necessárias para que o resultado seja ainda mais eficiente.

Uso da telerradiologia

Um dos grandes benefícios do escaneamento intraoral é que ele é realizado de forma digital. Isso quer dizer que os laudos podem ser elaborados a distância.

Caso julgue necessário, o dentista pode fazer parcerias com empresas de telerradiologia para contar com esse serviço, que gera muita agilidade e economia.

Como esse processo auxilia a moldagem? Ele pode substituí-la?

Em geral, o escaneamento intraoral pode substituir a moldeira tradicional em todos os procedimentos em que ela é utilizada. 

No caso dos pacientes que precisam de próteses, por exemplo, é possível escanear a arcada dentária e confeccionar a peça no espaço correto.

Já na área da ortodontia, o escaneamento pode ser realizado para que os aparelhos ortodônticos sejam feitos com ainda mais precisão.

O processo de escaneamento intraoral também pode ser usado para dar norte à confecção de guias cirúrgicos ou periodontais, coroas sobre dentes etc. 

Se você chegou até aqui, já sabe bastante sobre o escaneamento intraoral, um procedimento fácil, rápido e eficiente, que traz benefícios para pacientes e profissionais.

A DVI Radiologia Odontológica oferece esse serviço e está à disposição para esclarecer eventuais dúvidas. Acesse o nosso site e conheça o nosso trabalho!

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta