Muralha de silicone: conheça essa técnica de restauração

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

A dentística restauradora tem o objetivo de restabelecer a forma, a função e a estética dos elementos dentários. Entre as técnicas usadas nesse campo, uma que se destaca é a da muralha de silicone.

É consenso que, nos dias atuais, a presença de um sorriso harmônico e bonito contribui muito para o bem-estar das pessoas. Além disso, os dentes bem cuidados funcionam como um cartão de visita e causam uma boa impressão em quem os visualiza.

Quando a estética dos dentes é comprometida, as pessoas podem desenvolver quadros de baixa autoestima que, inclusive, podem desencadear casos depressivos.

Assim sendo, a muralha de silicone é uma técnica de restauração eficiente e que pode trazer muitos benefícios para recuperar o sorriso de seus pacientes. Siga a leitura e saiba mais sobre o procedimento.

O que é a muralha de silicone?

A muralha de silicone é uma técnica da dentística que oferece uma cópia ideal da estrutura palatina. Ela tem se consolidado entre os profissionais da odontologia, tendo em vista que oferece grandes vantagens para os pacientes.

O objetivo do procedimento é realizar a reconstrução dos dentes anteriores com fraturas ou restaurações envolvendo o ângulo incisal.

A partir da técnica da muralha de silicone, o dentista poderá realizar o planejamento restaurador intra-oral, o que permite ao profissional trabalhar com maior previsibilidade dos resultados e maior segurança. 

Como é feita a restauração com a muralha de silicone?

Quando é realizada a inserção do material restaurador na muralha de silicone, é de fundamental importância que a ponta da seringa esteja totalmente localizada na região incisal. 

Dessa forma, o material é totalmente inserido na porção incisal, evitando a presença de bolhas, para que posteriormente seja feito um preenchimento total.

Todo esse conjunto é levado à boca, posicionando e, posteriormente, polimerizando o local. Após esse procedimento, remove-se o excesso e, em seguida, a própria muralha.

Em que casos esse procedimento é indicado?

muralha de silicone

A muralha de silicone pode ser usada em qualquer situação em que seja necessário fazer uma cópia da estrutura da palatina.

O procedimento é ainda mais indicado na odontopediatria, tendo em vista o grande número de fraturas que ocorrem nos dentes durante a infância.

Com o uso da técnica com silicone, o procedimento proporciona uma restauração muito mais rápida e com mais qualidade.

Como fazer uma muralha de silicone?

No que se refere à forma como é feita uma muralha de silicone, há variações de acordo com a marca do produto que você utilizar.

Por isso, é importante verificar quais são as orientações do fabricante e seguir o passo a passo informado. Assim, você evita de aplicar doses muito altas do produto, por exemplo.

Quais são os benefícios da técnica?

Um dos principais benefícios da técnica da muralha de silicone, principalmente quando os pacientes são crianças, é a redução do tempo do paciente na cadeira.

Por ser um procedimento rápido, ele não causa desconforto e nem exige que o paciente necessite ficar muito tempo esperando para que o processo seja finalizado.

Além disso, de acordo com pesquisadores, como Holanda, a utilização da muralha de silicone garante uma maior previsibilidade quanto ao tamanho e ao formato dos dentes. Isso promove mais rapidez e eficácia ao trabalho.

O uso da muralha de silicone possibilita a estratificação da restauração em camadas de compósitos com cores distintas, de acordo com as diferentes espessuras de esmalte e dentina no sentido vestíbulo-lingual.

Em resumo, a muralha de silicone, quando usada com os devidos cuidados, pode ser tão eficiente quanto a feita por gesso.

Muitas pesquisas realizaram testes com o silicone extra duro de laboratório, tendo em vista que esse é uma boa alternativa, no que diz respeito à praticidade, limpeza e dureza após a cura. 

Tais informações foram levantadas em um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal do Ceará.

Que recomendações devem ser seguidas após a aplicação?

Após ser submetido a um tratamento com a muralha de silicone, o paciente deve seguir praticamente as mesmas recomendações de um processo de restauração qualquer.

Deve-se mastigar lentamente, evitar alguns alimentos mais pegajosos nos primeiros dias e beber bebidas muito quentes ou geladas. Também não é recomendado comer balas duras, nozes e outros alimentos do tipo.

Caso o fabricante do material usado passe outras orientações, elas devem ser seguidas à risca.

A muralha de silicone é uma técnica de restauração bem eficiente. Por isso, convém se aprofundar nesse tema e oferecer esse serviço aos seus pacientes.

Ficou com alguma dúvida? Então deixe um comentário no espaço abaixo e responderemos assim que possível!

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta