Você tem boca e garganta seca? Saiba o que pode ser?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Se você tem frequentemente a sensação de estar com boca e garganta seca, é preciso ficar atento! Apesar de parecer inofensivo, esse pode ser o sintoma de algum problema grave!

Por isso, se o quadro se repetir com muita frequência, é importante que você consulte o seu médico ou o seu dentista para que sejam realizados exames.

Para saber mais sobre o quadro de boca e garganta seca, prossiga a leitura! Traremos mais informações relevantes sobre esse tema!

Por que é comum as pessoas ficarem com boca e garganta seca?

Geralmente, a sensação de boca e garganta seca estão relacionadas à redução do fluxo salivar, condição que é conhecida pelo nome de xerostomia.

Ficar com a boca e a garganta seca é bem desconfortável, tendo em vista que o problema traz desconforto para falar e comer.

Quais são os principais problemas que causam boca e garganta seca e como preveni-los?

Existem diversas causas para a sensação de boca e garganta seca. A seguir, apresentaremos as principais delas, bem como as suas causas e tratamentos. Continue a leitura e confira!

boca-e-garganta-seca

Apneia do sono

As pessoas que sofrem com a apneia do sono roncam alto e passam boa parte da noite com a boca aberta. Isso faz com que a produção de saliva noturna seja afetada.

Como produz pouca saliva, o indivíduo com apneia do sono acaba acordando com a sensação de estar com boca e garganta seca.

A prática de exercícios físicos regulares, os bons hábitos alimentares e o abandono do fumo e do álcool são os principais meios para controlar a apneia do sono.

Doenças que afetam as glândulas salivares

A baixa produção de saliva, que causa a sensação de boca e garganta seca, também pode ocorrer como sintoma de algumas doenças.

Lúpus, diabetes e AIDS são exemplos de doenças que podem afetar as glândulas salivares. Quem for portador dessas patologias, deve comunicar o sintoma ao médico, para que ele recomende o tratamento mais adequado para a situação.

Efeitos colaterais de quimioterapia e radioterapia

As pessoas que estão realizando tratamentos de quimioterapia e radioterapia para combater algum câncer também podem ficar com a boca e a garganta seca.

Isso acontece, principalmente, quando os tumores estão localizados em regiões da cabeça e pescoço. Se for esse o seu caso, o médico poderá dar dicas de como evitar o desconforto.

Efeitos colaterais de medicamentos

Alguns medicamentos comuns de serem utilizados, como antidepressivos, anti-hipertensivos ou anti-histamínicos podem reduzir a produção de saliva.

Nesse caso, o efeito colateral deve ser informado ao médico que receitou o remédio, para que possam ser feitos ajustes na dosagem, por exemplo.

Menopausa

Ficar com boca e garganta seca também é um sintoma da menopausa. Por isso, as mulheres que estão passando por esse momento de baixa hormonal também podem apresentar o problema.

Nessa situação, a condição tende a ser passageira e o sintoma tende a desaparecer quando a menopausa passar.

Respiração bucal

A sensação de boca e garganta seca, muitas vezes, é provocada pela obstrução total ou parcial das vias aéreas superiores, prejudicando a passagem de ar pelo nariz.

Isso é bem comum de acontecer em pessoas com rinite alérgica, por exemplo. Para evitar esse problema, o uso de soluções nasais e medicamentos para tratar a crise da alergia são as ações mais recomendadas.

A respiração bucal também é comum em pessoas com desvio do septo nasal. Nesse caso, os tratamentos variam de acordo com cada situação, podendo ser, inclusive, cirúrgicos.

Covid-19

Ficar com a garganta seca também pode ser um sintoma da Covid-19. Por isso, caso esse quadro esteja associado a outras condições comuns das síndromes gripais, como a febre, a tosse e a dor de garganta, convém buscar um posto de saúde e realizar o exame.

Vale lembrar que, caso tenha suspeita de Covid-19, é importante se manter isolado, para evitar a transmissão do novo coronavírus para outras pessoas.

Para prevenir a Covid-19, você já sabe: deve sempre higienizar as mãos com álcool em gel 70% e evitar as aglomerações. Ficar de olho nos calendários de vacinação da sua cidade e tomar as duas doses da vacina (quando necessário) também é bem importante.

Para todas as situações apresentadas, os médicos e dentistas podem recomendar tratamentos diversos. Entre eles está o uso da saliva artificial, um produto bastante indicado para quem tem frequentemente a sensação de boca e garganta seca.

Este conteúdo foi útil para você? Então, compartilhe em suas redes sociais! Assim, você também informa os seus amigos sobre os cuidados necessários com a saúde da boca!

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe um comentário