Boca dormente: saiba o que pode ser

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Você tem a sensação de boca dormente com frequência? Em caso positivo, é preciso prestar atenção e procurar ajuda de um profissional! 

Embora o formigamento e dormência na língua ou na boca geralmente não indiquem algo grave, convém saber o que está motivando que isso aconteça. Isso é necessário para você poder fazer o tratamento correto e eliminar esse incômodo do seu dia a dia.

Quer saber mais sobre a sensação de boca dormente? Então, prossiga com a leitura!

5 fatores que podem causar a sensação de boca dormente

A seguir, apresentaremos os principais fatores que podem fazer com que você sinta a boca dormente. Leia atentamente!

boca dormente

1. AVC

A língua e a boca dormente são um dos sintomas da ocorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). 

Porém, dificilmente esse sintoma ocorre de forma isolada. Quando está tendo um AVC, o indivíduo geralmente também sente dor de cabeça, dificuldade para ficar em pé e redução da força de um dos lados do corpo.

Quando alguém suspeita que está tendo um AVC, não se pode esperar! É preciso chamar a emergência imediatamente para que o atendimento médico seja realizado.

2. Ansiedade e estresse

Os distúrbios mentais, como a ansiedade e o estresse, podem fazer com que as pessoas sintam um leve formigamento na língua e na boca.

Geralmente esse sintoma vem acompanhado de tonturas, dores de barriga, insônia e tensões musculares.

Nesse caso, para eliminar os sintomas de boca dormente, é preciso tratar o problema que o está causando. Logo, consultar com um psicólogo ou psiquiatra se faz necessário, para que o tratamento adequado seja realizado.

3. Alergia alimentar

Muitas vezes, a sensação de boca dormente pode indicar uma alergia alimentar. Nesse caso, outros sintomas são o inchaço na língua, o surgimento de aftas, vômito, diarreia e excesso de gases.

Nesse tipo de situação, o ideal é consultar um médico, que pode realizar exames e identificar a alergia a determinado grupo de alimentos. Dessa forma, a alergia é tratada com o uso de medicamentos e mudanças na dieta.

Em alguns casos, como pessoas com intolerância ao glúten ou à lactose, pode ser necessário o acompanhamento de um nutricionista, para ser prescrita uma dieta adequada.

4. Hipocalcemia

A redução de cálcio no organismo, conhecida como hipocalcemia, pode ter como sintoma a boca dormente. 

Geralmente, a dormência na boca é um dos sintomas iniciais desse problema. Em seguida, a pessoa começa a ter espasmos musculares, confusão mental e formigamento das mãos.

Diversas são as causas da hipocalcemia, como a deficiência em vitamina D, a baixa ingestão de cálcio, o alcoolismo e o uso de alguns tipos de medicamentos.

É importante consultar um médico para identificar a causa e realizar o tratamento adequado. Na maioria dos casos, um tratamento simples, com o uso de medicamentos e dieta específica, o problema é facilmente controlado.

5. Lesões no nervo alveolar

A boca dormente também pode ser causada por lesões no nervo alveolar, localizado no interior da mandíbula e que confere sensibilidade ao lábio inferior e à região do queixo.

Esse nervo pode ser lesionado em caso de complicações em procedimentos cirúrgicos na região, como a extração do dente do siso.

Para amenizar esse problema, o dentista pode propor tratamentos como a laserterapia, que estimula as funções nervosas e reduz os sintomas e desconfortos.

A importância da consulta com dentistas de confiança para evitar a boca dormente e outros problemas

A boca dormente é um problema bem desagradável e pode desencadear outras situações, como o aumento do estresse e até constrangimentos para as pessoas.

Como explicamos, uma das causas dessa sensação é a lesão dos nervos ao fazer a extração do dente do siso e outras cirurgias.

Por isso, vale a pena sempre consultar com dentistas de confiança, que realizem exames de imagem e outras avaliações que garantam um diagnóstico preciso.

Dessa forma, você evita problemas, como uma lesão no nervo e que possa causar a boca dormente, quando for realizar a extração do siso e outros procedimentos.

Conseguiu entender mais sobre as principais causas da boca dormente? Então, se você está com algum dos problemas que listamos aqui, consulte o médico ou dentista para o correto diagnóstico e tratamento.

Siga as nossas redes sociais para mais dicas! Você nos encontra no Instagram, no Facebook, no LinkedIn e no YouTube.

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe um comentário