Conheça os principais tipos de prótese dentária

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Conhecer os diferentes tipos de prótese dentária é necessário para as pessoas que devem se sujeitar a esse tipo de tratamento.

Geralmente, as próteses são necessárias quando os indivíduos perdem um ou mais dentes, por causa de acidentes ou doenças, como a periodontite. Afinal, a inflamação da gengiva, quando não é tratada, pode resultar na perda óssea.

Independentemente dos tipos de prótese dentária, ao usar esse item as pessoas recuperam a harmonia do sorriso. Afinal, ficar sem dentes causa um aspecto desagradável e prejudica a autoestima.

Além disso, os dentes são necessários para que as funções mastigatórias não sejam prejudicadas e os alimentos engolidos inteiros, fazendo mal para o estômago.

4 tipos de prótese dentária mais comuns

Para que você conheça os principais tipos de prótese dentária existentes no mercado, fizemos uma lista. Confira, a seguir!

tipos de prótese dentária

1. Prótese totalmente removível

Popularmente conhecida como “dentadura” ou “chapa”, esse tipo de prótese é mais comum de ser usado por idosos, que costumam ter a saúde bucal mais fragilizada.

Esse tipo de prótese pode substituir até todos os dentes do indivíduo. Atualmente, no entanto, a remoção de todas as peças dentárias é algo bem raro de acontecer.

Antigamente, quando a Odontologia não era tão desenvolvida, era comum que os dentistas retirassem todos os dentes dos pacientes. É por isso, também, que vemos muitas pessoas mais velhas usando dentadura.

Como ponto positivo da prótese totalmente removível está a fácil higienização, tendo em vista que se pode tirar o acessório da boca para escovar.

2. Prótese parcialmente removível

Esse tipo de prótese é usado quando a pessoa tem alguns dentes e não precisa removê-los para realizar tratamentos.

Dessa forma, se estiverem saudáveis, os dentes remanescentes servem como base para segurar a estrutura protética. Ou seja, a estrutura que o usuário já tem funciona como um suporte para a parte “falsa” do sorriso.

A prótese parcialmente removível pode ser encontrada em dois modelos. O convencional é feito com grampos para reter, o que acaba “abraçando o dente”.

Há ainda o modelo com attachments, em que os encaixes ficam escondidos dentro da prótese. Ele se destaca por ser mais discreto e não ficar visível quando o usuário fala ou dá um sorriso.

3. Prótese parcialmente fixa

As próteses parcialmente fixas também se dividem em duas categorias: as coroas e as pontes.

As coroas são recomendadas para pacientes que perderam somente uma parte do dente e não ele por inteiro. Dessa forma, elas devolvem a anatomia e as funções da peça ausente.

As pontes, por sua vez, são indicadas para as situações em que os pacientes não perderam tantos dentes. Dessa forma, os dentes adjacentes são usados como pilares para a fixação.

4. Prótese sobre implantes

Existem ainda as próteses sobre implantes, que são aquelas que necessitam que o paciente tenha realizado implantes dentários. Elas ficam instaladas diretamente entre o osso da maxila ou mandíbula.

A ideia é que os implantes sirvam como base para as próteses, que podem ser encaixadas e parafusadas neles.

Esse tipo de prótese tem como principal vantagem a fixação. Afinal, como ela é parafusada na estrutura bucal do paciente, não tem como cair.

Extra: cuidados a serem tidos após escolher os tipos de prótese

Depois de analisar os tipos de prótese com o seu dentista e escolher a opção mais adequada, alguns cuidados devem ser tidos.

Primeiramente, é necessário seguir todas as orientações do dentista, no que se refere à higiene. 

No mercado, existem escovas de dente que são mais adequadas para as próteses. Elas têm cerdas mais grandes e firmes, para garantir a total higiene das peças.

Também é imprescindível que o paciente vá regularmente consultar com o dentista para fazer as manutenções necessárias.

Em alguns casos, inclusive, pode ser necessária a limpeza profissional na prótese. Isso evita a formação de placas bacterianas, que são a porta de entrada para vários tipos de doenças bucais.

Conhecendo bem os tipos de prótese dentária e tendo esses cuidados com a sua saúde bucal, você sempre terá um belo sorriso. Na dúvida, lembre-se sempre de consultar o seu dentista. Ele é o profissional especialista que pode ajudá-lo a resolver todas essas questões.

Também não deixe de se inscrever na nossa newsletter! Assim, você sempre receberá conteúdos interessantes como este na caixa de entrada do seu e-mail.

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe um comentário