O que você precisa saber sobre o clareamento dental

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Ninguém gosta de ficar com os dentes manchados ou amarelados. Por isso, quando falamos em tratamentos estéticos da odontologia, o clareamento dental sempre está entre os mais pedidos.

Com o clareamento dental, as pessoas ficam com os dentes mais brancos, dando um aspecto mais bonito e saudável para o sorriso.

Porém, há muitas dúvidas sobre esse tipo de tratamento. Elaboramos este conteúdo para que as principais questões acerca do tema sejam esclarecidas. Siga lendo e confira!

Quais são os principais tipos de clareamento dental?

Existem diversos tipos de clareamento dental que você pode fazer. Veja, a seguir, quais são os principais.

Caseiro

Com esse método, o usuário deve usar uma moldeira de silicone e um gel clareador recomendado pelo dentista.

Dessa forma, a moldeira deve ser usada diariamente pelo paciente, por períodos de tempo que variam de 30 minutos a 4 horas, dependendo de cada caso e tipo de gel utilizado.

Aplicação de gel em consultório

Nesse caso, também é utilizado um gel clareador nos dentes, porém o processo é feito no consultório do dentista.

Por se tratar de um gel bem mais agressivo que o caseiro, o dentista precisa fazer uma barreira para proteger a gengiva e evitar que o paciente se machuque.

Laser

Um dos tipos de clareamento dental mais eficientes é o feito com laser. Nesse tipo de situação, o dentista também aplica um gel, que é potencializado com o uso do laser.

A luz emitida pelo laser faz com que o gel tenha uma ação ainda mais imediata, atingindo espaços mais precisos no esmalte dentário.

Também por ser mais potente, os resultados são mais imediatos. De tal modo, não é necessário realizar muitas sessões para que os dentes fiquem visivelmente mais brancos.

Clareamento interno

Esse tipo de clareamento é o realizado na parte interna do dente. Geralmente, os dentistas recomendam esse tratamento para as pessoas que têm dentes mais escuros por conta de traumas ou reações metálicas, como das obturações.

Uma das técnicas mais usadas é o walking bleach, em que o  produto clareador é colocado dentro do dente e fica agindo por até cinco dias.

Luz ultravioleta

Esse tratamento é bem parecido com o feito a laser. Porém, ele é ainda mais potente, tendo em vista que a luz ultravioleta ajuda a reduzir a sensibilidade dentária.

Cada sessão dura em média 20 minutos e os resultados aparecem bem rapidamente.

clareamento dental

O que não pode fazer quando faz um clareamento dos dentes?

Independentemente do tipo de clareamento que estiver fazendo nos dentes, existem alguns hábitos alimentares que devem ser evitados durante o processo.

Não é recomendado que você beba café, refrigerantes, vinhos, sucos de uva ou de frutas ácidas e bebidas alcoólicas coloridas.

Também não se deve comer comidas temperadas com molhos vermelhos, iogurtes com corantes e alimentos pigmentados com a cor roxa, tais como açaí e beterraba.

Além desses cuidados, manter uma boa higiene nos dentes é sempre fundamental, ou seja, deve-se fazer a escovação e usar o fio dental após as refeições.

Qual é o valor de um clareamento dental?

O preço do clareamento dental varia muito, de acordo com a sua região, experiência e qualificação do profissional, entre outros fatores.

Porém, o valor tende a variar entre R$ 800 e R$ 3 mil. Desconfie se você encontrar preços muito mais altos ou baixos que essa faixa.

Vale a pena fazer um clareamento dental caseiro?

Dependendo do caso, vale a pena sim fazer um clareamento dental caseiro. Porém, é importante consultar o dentista para que ele avalie o seu caso e oriente sobre a melhor opção.

O clareamento dental caseiro é recomendado para casos em que os dentes não são tão amarelados e que estão apenas sofrendo com o desgaste natural do tempo.

Por isso, pessoas que têm os dentes muito amarelos por causa do fumo e outros hábitos, nem sempre conseguem resultados efetivos com esse tratamento.

Tudo varia muito e convém consultar o seu dentista para que ele veja o seu caso, conheça o seu histórico e passe as orientações mais adequadas para o seu caso. De tal maneira, conseguirá fazer o melhor clareamento dentário.

Outras dicas interessantes para quem busca sempre um sorriso mais bonito podem ser encontradas em nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn e no YouTube. Acompanhe-nos!

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe um comentário