Radiologia odontológica: entenda o que é e como funciona

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Para os dentistas, conhecer sobre a radiologia odontológica é muito importante! Essa é uma especialidade que pode ser muito útil no diagnóstico e proposição de tratamentos para os seus pacientes.

Neste conteúdo, montamos uma espécie de FAQ, em que vamos esclarecer as principais dúvidas que leigos e profissionais têm sobre o assunto. Por isso, se quiser saber mais sobre a radiologia odontológica e suas utilizações, prossiga a leitura!

O que é a radiologia odontológica e qual sua finalidade?

A radiologia odontológica pode ser definida como uma especialidade, cujo objetivo é explorar a arcada dentária dos pacientes, com a finalidade de conseguir diagnósticos mais precisos na saúde bucal.

A ideia é que os exames de imagem sirvam como auxiliar na identificação de doenças e na elaboração dos tratamentos mais adequados para cada situação. Assim, os dentistas conseguem melhores resultados para os seus pacientes, que ficarão mais satisfeitos e terão os seus problemas resolvidos.

Quais são os principais tipos de radiologia odontológica?

radiologia odontológica

A radiologia odontológica se divide em dois principais tipos: a intrabucal e a extrabucal.

No caso da radiografia intrabucal, os procedimentos são realizados na parte interna da boca do paciente. Já na extrabucal, as imagens são coletadas na parte externa da boca.

Ambos os exames são importantes para diversas áreas da Odontologia, como o planejamento cirúrgico, por exemplo.

Dentro dessas classificações, temos alguns subtipos da radiologia odontológica. São eles:

Radiografia digital

São consideradas uma evolução do raio-X tradicional, que utiliza filmes radiográficos. A diferença é que, no meio digital, as imagens são coletadas e transmitidas diretamente para o computador.

Assim sendo, o uso de filmes radiográficos é dispensado! Também se conta com a vantagem de usar uma quantidade menor de radiação, evitando danos à saúde dos pacientes e profissionais.

Radiografia panorâmica

A radiografia panorâmica é aquela que, por meio de uma única imagem, gera uma visão completa da arcada dentária do paciente, bem como sua mandíbula e o seu maxilar.

Esse exame é muito comum de ser solicitado para o planejamento inicial de tratamentos com uso de aparelho ortodôntico.

Radiografia interproximal

A radiografia interproximal é o exame usado para diagnosticar as cáries nos dentes. Ou seja, ela consegue identificar essa doença antes dela se tornar visível a olho nu.

Assim, o paciente pode iniciar um tratamento precoce e evitar que a cárie se agrave e cause dores de dente.

Radiografias periapicais

As radiografias periapicais são as mais comuns de serem realizadas nos consultórios odontológicos.

Elas servem para fazer uma avaliação geral de toda a arcada dentária dos pacientes.

Radiografia oclusal

Esse tipo de radiografia avalia os dentes que ainda não cresceram. Por isso, é muito utilizada na odontopediatria, tendo em vista que serve para acompanhar o desenvolvimento da arcada dentária das crianças.

Como ler uma radiologia odontológica?

A leitura e elaboração de laudos de radiologia odontológica somente pode ser feita por especialistas na área do corpo que foi examinada. Isso é regulamentado pela Portaria SVS/MS nº 453, de 1 de junho de 1998.

Assim sendo, a leitura e interpretação de exames de imagem feitos na boca somente podem ser realizadas por dentistas especialistas em radiologia odontológica.

Para ser um radiologista, portanto, o dentista deve ter concluído a faculdade de Odontologia e realizar uma pós-graduação em Radiologia Odontológica e Imagenologia.

Quais especialistas atuam no segmento?

Além do radiologista, que é quem interpreta as imagens e elabora os laudos dos exames, existem outros profissionais especialistas que atuam no segmento.

Estamos falando aqui no técnico em radiologia. Trata-se de um profissional de nível médio, que precisa fazer um curso para operar equipamentos e atender os pacientes captando as imagens, conforme solicitado pelo dentista.

Há ainda profissionais formados no curso tecnólogo em Radiologia. Nesse caso, a formação é considerada de nível superior e o profissional pode atuar também gerenciando equipes, prestando assessoria na área e realizando trabalhos de pesquisa.

Quais são as tecnologias mais modernas da área?

A radiologia odontológica se desenvolve cada vez mais e é importante que os profissionais da área conheçam as novas tecnologias que ela oferece.

Uma das novidades mais recente é a tomografia computadorizada Cone Beam, que trabalha com uma dose de radiação muito menor que os exames tradicionais.

Também destacamos o setup ortodôntico virtual, que possibilita a previsibilidade máxima do tratamento ortodôntico, sendo possível realizar simulações da movimentação dentária e saber com precisão quanto cada parte do arco foi movimentada.

Como terceirizar os serviços de radiologia odontológica?

Para os consultórios odontológicos, terceirizar os serviços de radiologia odontológica é uma excelente prática.

Isso porque, dessa maneira, todos os exames radiológicos são prestados com muito mais facilidade e agilidade para os pacientes. Também se faz uma boa economia, que pode ser repassada a quem está contratando os seus serviços.

Ao terceirizar os serviços de radiologia odontológica da sua clínica, você também terá laudos elaborados por excelentes radiologistas. Com certeza, valerá muito a pena.

Agora que já sabe mais sobre radiologia odontológica, que tal se inscrever em nossa newsletter? Dessa forma, você poderá receber todos os nossos conteúdos em primeira mão, diretamente na caixa de entrada do seu e-mail.

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe um comentário