Ícone do site DVI Radiologia

5 coisas que você precisa saber sobre avaliação odontológica

avaliação odontológica

Ir ao dentista fazer uma avaliação odontológica a cada seis meses é muito recomendado para que você tenha uma boa saúde bucal.

Nas consultas periódicas, o dentista avaliará os seus dentes, gengiva e estruturas da face, de modo geral. Assim, caso você tenha alguma cárie ou qualquer outro problema ou doença bucal, poderá tratar logo no início, evitando que ele se agrave.

Vamos ajudá-lo a saber mais sobre a avaliação odontológica e sua importância! Abaixo, responderemos os principais questionamentos que os pacientes têm sobre esse tema. Confira!

1. O que é a avaliação odontológica?

A avaliação odontológica consiste num exame físico rápido realizado pelo dentista no consultório. 

O profissional avalia cuidadosamente os dentes do paciente, observando se existem cáries ou outros problemas que precisam ser tratados.

Além disso, o dentista também observa as gengivas e demais estruturas da face, como a articulação temporomandibular (ATM).

Caso julgue necessário, o profissional pode solicitar que o paciente realize exames de imagem. Isso é preciso para ele fazer um diagnóstico mais apurado da situação e possa planejar os melhores tratamentos.

2. Como é uma avaliação com um dentista?

A avaliação com o dentista é um exame rápido e que, geralmente, não dura mais do que 30 minutos.

Entre outras coisas, na avaliação odontológica, o dentista:

3.Como é a primeira avaliação no dentista?

Independentemente da queixa do paciente, a primeira avaliação com o dentista é quase sempre igual. Ou seja, o profissional precisa avaliar as condições do indivíduo e, assim, propor os tratamentos mais adequados.

Se necessário, após a primeira consulta, o dentista marca alguns retornos, para que o paciente possa mostrar os resultados de seus exames e fazer os tratamentos propriamente ditos.

Em determinadas situações, como o tratamento de cáries ou de canal, para evitar que o paciente fique sentindo dor, as primeiras ações corretivas já podem ser feitas na primeira consulta.

Isso depende, porém, da avaliação do dentista e das condições do paciente. Em alguns casos, é preciso que o indivíduo tome medicamentos antibióticos antes do procedimento, por exemplo.

4. Quando fazer uma avaliação com o cirurgião-dentista?

Segundo uma reportagem da BBC News, a maioria dos pesquisadores e profissionais da Odontologia recomendam que a avaliação odontológica seja feita a cada seis meses.

Ou seja, pelo menos duas vezes por ano é recomendado ir ao dentista para um exame geral. Além disso, nesse momento, é possível fazer uma profilaxia dental, ou seja, uma limpeza nos dentes, para evitar o acúmulo de tártaro e o surgimento de cáries.

5. Por que fazer uma avaliação odontológica?

A avaliação odontológica deve ser feita periodicamente por vários motivos. Observe, na sequência, os principais deles!

Manutenção da saúde bucal

Ao fazer a avaliação odontológica a cada seis meses, você garante que possíveis problemas e doenças sejam diagnosticados precocemente.

De tal maneira, você evita que os problemas avancem e pode tratá-los ainda no início. Isso impede dores de dente e no bolso, tendo em vista que não será necessário investir em intervenções mais caras.

Além disso, será possível fazer limpezas periódicas e evitar o acúmulo de tártaro e placas, deixando o seu sorriso mais bonito.

Prevenção de doenças

Manter a boca saudável ajuda a evitar outros problemas de saúde, como dores de cabeça e doenças cardíacas.

As pessoas com grande concentração de tártaro nos dentes, por exemplo, podem sofrer com uma doença chamada endocardite bacteriana, que afeta o coração. 

Indicação de tratamentos corretivos e estéticos

Nas visitas ao dentista, o profissional poderá indicar tratamentos corretivos e estéticos. Para pessoas com a mordida aberta ou dentes desalinhados, por exemplo, pode ser recomendado o uso de aparelho ortodôntico para correção.

Já quem tem os dentes amarelados pode realizar clareamentos ou colocação de lentes de contato dental.

Além disso, os dentistas também podem indicar e realizar tratamentos estéticos na face, como a colocação de toxina botulínica, harmonização orofacial etc.

Melhora da autoestima

Quando você vai ao dentista e segue todas as orientações à risca, fica com um sorriso muito mais bonito. Isso aumenta a autoestima e autoconfiança das pessoas, fazendo com que elas se sintam melhores consigo mesmas.

Ou seja, as visitas ao dentista também ajudam você a melhorar a sua saúde mental, evitando até mesmo quadros de depressão e ansiedade, provocados pela baixa autoestima.

Fazer uma avaliação odontológica periodicamente, como você pode perceber, é bem importante. Por isso, não deixe de visitar o seu dentista semestralmente. Esse é um investimento que você faz em si mesmo!

Continue em nosso blog! Leia agora o nosso artigo que explica os principais exames de imagens na Odontologia e suas indicações.

Sair da versão mobile