Aparelho autoligado: quando devo indicá-lo?

Ter uma boca saudável é essencial para a saúde do corpo como um todo. É por isso que os pacientes devem sempre procurar bons cirurgiões dentistas e realizar os tratamentos necessários, como o uso de aparelho autoligado.

É de conhecimento público que a higiene bucal e os bons hábitos são fundamentais para nos mantermos saudáveis. Apesar disso, a Federação Internacional Dentária (FDI), a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) estimam que, atualmente, aproximadamente 44% da população mundial é afetada por problemas bucais.

Enquanto quase metade da população prefere manter hábitos não saudáveis, como o tabagismo, e não tem uma higiene bucal de qualidade, outros tantos não estão preocupados apenas em cuidar da saúde da boca. Eles vão além: buscam por um sorriso bonito e impactante.

A tecnologia é uma grande aliada da Odontologia e de quem gosta e entende a necessidade de manter a saúde bucal em dia e a beleza do sorriso. O aparelho com autoligação, por exemplo, um modelo bastante parecido com o tradicional, traz muitas vantagens no tratamento ortodôntico.

A seguir, vamos explicar o que é o aparelho autoligado, em quais situações ele é indicado, principais vantagens, tempo de uso e outras informações. Se você busca por um sorriso saudável e bonito, continue conosco. Boa leitura!

O que é o aparelho autoligado?

Com certeza você já deve ter visto ou conhecido alguém que utilizou o aparelho ortodôntico tradicional. Saiba que o aparelho autoligado é muito semelhante a esse modelo, porém sem as borrachinhas. 

O aparelho autoligado conta com uma tecnologia mais inovadora nos braquetes e também nos fios que fazem a ligação entre todas as peças.

Sem as borrachinhas, o contato entre fio e braquete é mais suave e, consequentemente, não demanda muita força sobre os dentes. Assim, o paciente consegue resultados mais rápidos e com menos desconforto no momento de trocar o fio.

Além disso, o aparelho autoligado possui um fio termoativado que reduz o número de manutenções.

aparelho autoligado

Em quais situações o aparelho autoligado deve ser indicado?

O uso do aparelho com autoluigação é indicado nas mesmas situações do aparelho convencional. Entre elas, temos:

  • Apinhamento: quando falta espaço na arcada dentária para todos os dentes;
  • Casos de oclusão: quando o paciente precisa de correção de mordida;
  • Quando o paciente perde um dente e precisa recuperar esse espaço;
  • Dentes tortos; e
  • Diastema.

Quais são as vantagens dos aparelhos autoligados para os pacientes?

“Se o aparelho autoligado é visualmente similar ao tradicional, por que devo optar por ele?” Essa é uma pergunta comum de muitos pacientes e você, como dentista, deve saber respondê-la.

Apesar de parecidos, o aparelho com autoligação traz muitas vantagens se comparado ao tradicional. Confira, a seguir, algumas delas:

Menos dor

Com o uso do aparelho autoligado, a movimentação dos dentes acontece de forma mais suave, o que traz uma sensação menor de dor aos pacientes. 

Mais discreto

Muitas pessoas não gostam da ideia de utilizar aparelhos ortodônticos por achá-los chamativos ou, então, não podem utilizá-los por questões de trabalho.

Essa é outra vantagem do aparelho autoligado: ele é mais discreto do que o tradicional.

Melhor higienização

Por não possuir as borrachinhas, o aparelho autoligado é muito mais fácil de ser higienizado, o que diminui o acúmulo de tártaro e outras bactérias. Este modelo também reduz a concentração de comida no aparelho e nos dentes após as refeições.

Tratamento rápido e menor número de manutenções

O tratamento com aparelho autoligado é muito mais rápido se comparado ao aparelho tradicional. A movimentação dos dentes é descomplicada e os resultados aparecem logo. Além disso, o número de manutenções é menor. 

Quanto tempo o paciente deve ficar com o aparelho autoligado?

Cada caso é único e apenas o dentista, após uma avaliação precisa, pode determinar quanto tempo o paciente deverá permanecer com o aparelho autoligado. 

Em linhas gerais, um paciente adulto termina o tratamento entre 12 e 24 meses, contudo, como dito anteriormente, é preciso que o dentista avalie se precisará ser feita alguma extração de dente e a gravidade do problema. 

O que o aparelho autoligado faz no primeiro mês de uso?

O prazo para que o paciente consiga perceber as primeiras mudanças nos dentes com o uso do aparelho autoligado depende de cada caso. 

Como ele é mais rápido do que o tradicional, logo no primeiro mês de uso já é possível perceber algumas mudanças. 

Pode colocar o aparelho já no dia da primeira consulta?

Geralmente o aparelho ortodôntico não é colocado no mesmo dia da avaliação, pois o dentista solicita exames que podem demorar alguns dias para ficarem prontos.

O profissional também precisa de tempo para fazer um estudo individual e apresentar ao paciente o planejamento ortodôntico antes da colocação do aparelho com autoligação.

Para os dentistas, conhecer as dúvidas que os pacientes têm sobre o aparelho autoligado é muito importante. Assim, é possível oferecer um atendimento mais adequado e esclarecedor.

Além disso, também é importante que o dentista saiba como escolher os exames mais adequados para serem solicitados em cada situação, para verificar se o aparelho autoligado é uma boa opção ou não.

Desde um simples raio-x até uma tomografia odontológica: na Odontologia, o uso de imagens é essencial para que o dentista consiga entender o caso do paciente e propor os melhores tratamentos. Continue conosco e conheça os exames de imagens na Odontologia e suas indicações.

Seja um Dentista Parceiro!

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe um comentário