Análise SWOT para franquias: o que é e como aplicá-la?

Você conhece a análise SWOT para franquias? Tem conhecimento sobre tudo que ela pode fazer para o planejamento de sua empresa? O fato é que muitos já ouviram falar nessa ferramenta poderosa. No entanto, poucos sabem o seu verdadeiro potencial e como empregá-la nos negócios.

Na verdade, esse método possibilita analisar os aspectos relacionados ao macro e microambiente de sua empresa. Ajuda a definir ações, objetivos, metas e iniciativas para direcionar a operação de seus negócios. E isso possibilita elaborar diagnósticos estratégicos para a sua franquia.

Neste post, você saberá o que é análise SWOT, como ela funciona e como empregá-la na sua empresa de forma prática. Continue a leitura e confira! 

O que é análise SWOT para franquias?

Vamos começar falando sobre o que significa o acrônimo SWOT que une as palavras Strengths (Forças), Opportunities (Oportunidades), Weaknesses (Fraquezas) e Threats (Ameaças). Essa ferramenta ficou conhecida no Brasil como matriz FOFA, devido à sua tradução para o português.

F – Forças 

O – Oportunidades 

F – Fraquezas 

A – Ameaças

A ferramenta é utilizada para fazer análise ambiental, tendo como base o planejamento estratégico de uma empresa ou instituição. Devido à simplicidade de seus métodos, ela pode ser empregada em vários tipos de análises de cenário, que vão desde a manutenção de um site até a gestão de uma grande empresa.

Daí ser considerado um sistema simples que objetiva situar ou analisar a posição estratégica do negócio, seja ele qual for e de que porte for. 

Com os dados captados em mãos, é possível chegar aos objetivos mais rapidamente e de forma eficiente, possibilitando a valoração dos pontos fortes e a melhoria das dificuldades. É visível a importância dessa análise. No entanto, ao primeiro contato pode haver dificuldades em se achar respostas.

Quem criou a técnica de análise SWOT?

O norte-americano Albert Humphrey foi o criador do método entre as décadas de 1960 e 1970 durante um projeto de pesquisa na Universidade de Stanford. Os dados utilizados para desenvolver o método foram da Revista Fortune 500 — considerada na época uma das maiores empresas americanas.

Confira as categorias da matriz SWOT para análise do cenário da empresa:

  • Strengths (forças): os pontos fortes internos das empresas. Ex.: bom serviço prestado ao cliente, qualidade do produto oferecido etc.

  • Weaknesses (fraquezas): desvantagens ou pontos fracos internos da empresa quando comparados à concorrência. Ex.: custos muito altos na produção, imagem negativa, instalações inadequadas, marca fraca no mercado etc.

  • Opportunities (oportunidades): pontos externos positivos que aumentam a vantagem competitiva da empresa. Ex.: mudanças nas preferências dos clientes, má fase ou falência de empresa concorrente etc.

  • Threats (ameaças): questões externas negativas que colocam em risco a superioridade competitiva da empresa. Ex.: novos comerciantes no mercado, perda de colaboradores de destaque, etc.

Como utilizar a Análise SWOT para franquias?

Como já foi explicado, por meio desse recurso o gestor identifica as FORÇAS e FRAQUEZAS da empresa, assim como avalia as OPORTUNIDADES e as AMEAÇAS que podem surgir. Mas o que você deve estar querendo saber é como a análise SOWT é utilizada. Acompanhe o passo a passo!

1. Faça uma análise dos fatores internos

O método faz uma análise do ambiente interno, determinando suas forças e fraquezas e as conhecendo é possível se colocar em vantagem ou desvantagem em relação à concorrência.

Os fatores internos são aqueles que a empresa controla, diferentemente dos fatores externos. É por isso que depende da empresa fazer sua autoanálise e melhorar tudo que puder.

Confira o que você pode analisar na sua franquia para conhecer suas forças e fraquezas:

  • tempo de mercado;

  • recursos financeiros;

  • localização;

  • gestão;

  • reputação;

  • recursos humanos;

  • marketing;

  • capacidade de operação;

  • acesso à matéria-prima;

  • materiais e equipamentos;

  • entre outros.

Dentre os pontos fracos que forem identificados na análise swot para franquias, os que podem prejudicar o bom funcionamento dela estão:

  • não seguir a padronização dos processos essenciais;

  • falta de treinamento da equipe de colaboradores;

  • não seguir as propostas da marca;

  • suporte insuficiente do franqueador;

  • gestão financeira de má qualidade.

2. Analise os fatores externos

A análise do ambiente externo é a que viabiliza a definição das oportunidades e ameaças. Ou seja, tudo aquilo que está no ambiente externo e sobre o qual não temos nenhum controle. Nenhuma ação da empresa pode influenciá-los ou mudá-los.

No entanto, por meio da análise SWOT, é possível identificar esses fatores e analisar se são pertinentes e se podem impactar nos negócios da empresa. Vale lembrar que empresas mais conectadas aos movimentos da economia, da política e do mercado estão mais preparadas para os desafios que possam se apresentar no futuro.

3. Analise os ambientes externos que abrangem: o micro e o macroambiente

São dois os ambientes que a análise SWOT para franquias engloba: o micro e o macroambiente. Quando falamos em microambiente, referimo-nos ao setor que atuamos. Os seguintes fatores devem ser avaliados:

  • clientes;

  • concorrentes;

  • franqueador;

  • substitutos;

  • novos entrantes;

  • intermediários;

  • entidades de classe.

O macroambiente se encontra em um patamar ainda mais intocável, tem a ver com economia, comportamento, entre outras questões que podem afetar o andamentos dos negócios. Confira!

  • político-legal (envolve projetos de lei, novos governantes etc.);

  • econômico (tem a ver com inflação, renda da população etc.);

  • demográfico (dados sobre crescimento populacional, taxa de natalidade, escolaridade da população etc.);

  • tecnológico (novidades tecnológicas, automação etc.);

  • sociocultural (costumes, hábitos de consumo etc.).

4. Desenhe a matriz SWOT

Em um papel em branco e na posição paisagem faça uma cruz bem no centro. Serão quatro retângulos. A seguir, escreva as quatro palavras: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças — conforme quadro abaixo.

análise SWOT para franquias

Figura: Sebrae

5. Analise os pontos destacando os fatores positivos e os negativos

A análise SWOT pode ser feita tanto pela rede franqueadora quanto pelo franqueado. No entanto, alguns pontos devem ser observados:

  • a SWOT deve distinguir o momento atual dos objetivos a longo prazo;

  • a análise SWOT para franquias tem que se basear nas áreas de atuação da empresa;

  • a concorrência deve ser observada: realizar comparações é essencial para a superação;

  • faça uma análise SWOT para franquias com simplicidade: evite ações complexas e desnecessárias;

  • não se esqueça de que a avaliação é bastante subjetiva.

Exemplo de uma análise SWOT para franquias

Confira um exemplo de uma análise em uma unidade de franquia de curso de informática:

Forças:

  • Localização.

  • Variedade de cursos.

  • Valores acessíveis.

Fraquezas:

  • Atendimento ruim.

  • Poucos professores.

Oportunidades:

  • Concursos públicos.

  • Mercado necessita de profissionais especializados.

Ameaças:

  • Período de férias.

  • Precariedade do transporte público.

Possível plano de ação:

Aproveitar a OPORTUNIDADE da abertura de vários concursos públicos para formar turmas direcionadas para esse interesse, bem como oferecer cursos que tenham a ver com a demanda do mercado de trabalho.

Aproveitar as FORÇAS da variedade de cursos que o franqueado oferece para atrair mais alunos para evitar que o período de férias seja uma AMEAÇA para atrair novos alunos.

Promover cursos de capacitação dos funcionários para diminuir a FRAQUEZA do atendimento ao público e aumentar o número de professores para formar mais turmas.

Como você conferiu neste post, utilizar a análise SWOT para franquias não é “um bicho de sete cabeças”. Na verdade, basta que você se habitue a utilizar essa ferramenta para sentir de perto suas vantagens.

Gostou do nosso conteúdo sobre Análise SWOT para franquias? Deixe, então, um comentário neste texto e compartilhe sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!

Gostou dessa matéria? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário